aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Emicida (Leandro Roque de Oliveira nascido em 1985) rapper, cantor brasileiro.

Arma é uma palavra muito boa para música. Quase sinônimo. Fela Kuti dizia. A música é uma arma e nóis tá na linha de frente lutando por isso. Até porque quando você é preto, quando você vem da favela, sobreviver já é um ato político. Sobreviver sorrindo, como nóis tá agora, é ultrarrevolucionário.”

é isso, por fernando stickel [ 10:34 ]


Ezra Pound (1875-1972) poeta americano.

Diz a lenda que ao ser procurado para uma entrevista, o poeta americano, próximo de seus últimos dias e após manter imenso silêncio durante anos, concordou, depois de muita insistência do entrevistador, em proferir uma única palavra, que considerasse significativa como mensagem:

CURIOSIDADE – Conselho aos jovens.

é isso, por fernando stickel [ 10:33 ]


Thomas Merton (1915 – 1968) Monge trapista, escritor, teólogo, poeta e ativista social americano.

A arte permite que nos encontremos e nos percamos ao mesmo tempo. A mente que responde aos valores intelectuais e espirituais que se escondem em um poema, uma pintura ou uma peça musical, descobre uma vitalidade espiritual que a eleva acima de si mesma, a tira de si mesma e a torna presente a si mesma em um nível de existência que nunca sabia que poderia alcançar. ”

é isso, por fernando stickel [ 9:59 ]

Lygia Clark (1920-1988) artista brasileira

“A arte não consiste mais em um objeto para você olhar, achar bonito, mas para uma preparação para a vida.”

é isso, por fernando stickel [ 9:45 ]


Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832) poeta, escritor, filósofo alemão em 1828, por Joseph Karl Stieler (1781-1858) pintor alemão.

“Não existe meio mais seguro para fugir do mundo do que a arte, e não há forma mais segura de se unir a ele do que a arte”.

é isso, por fernando stickel [ 8:07 ]

Marcel Duchamp…Artist retired to his chess board Marcel Duchamp, playing by the hour at a table with a clock that keeps track of the time between moves. (Photo by Eliot Elisofon//Time Life Pictures/Getty Images)

Marcel Duchamp (1887-1968) pintor, escultor e escritor francês.

“Eu não acredito em arte. Eu acredito em artistas.”

é isso, por fernando stickel [ 8:00 ]


Em Julho 2003 levei meu filho Arthur então com 8 anos de idade para Bonito, MS.
Foi uma viagem deliciosa, ele se divertiu muito, teve contato com outras crianças, fizemos inúmeras atividades, na água, no ar, na terra.

A natureza é preservada, existe consciência ambiental, e todas as atividades de turismo, principalmente as que utilizam os rios, são muito controladas.


Nadamos junto com peixes maravilhosos!


Até demos uma volta de teco-teco!


Arthur se divertiu muito, inclusive com a máquina fotográfica.

é isso, por fernando stickel [ 17:31 ]


Faleceu aos 98 anos o fotógrafo German Lorca. Ele era uma simpatia de pessoa, e um bom amigo. Nos falávamos com regularidade, ele sempre interessado, contando casos… Faça uma linda viagem Lorca!
A foto é de 2007, no meu apartamento da R. Casa do Ator na Vila Olímpia.

é isso, por fernando stickel [ 8:27 ]

Em 1975 Iris minha mulher na época e eu fomos convidados por um vizinho para o lançamento de um condomínio no município de Tremembé, vizinho de Santo Antonio do Pinhal.

Houve um churrasco no lançamento do Condomínio Alpes de São Gotardo, e ofereceram a quem quisesse um passeio em lombo de burro para visitar glebas maiores, fora do loteamento. Nós aceitamos o passeio e quando chegamos ao local destas glebas maiores, na beirada da serra, caímos de costas com a vista!

Me encantei e comprei uma gleba virgem de 125.000 metros quadrados, em área rural. As décadas se passaram e o que era um capoeirão se transformou em mata virgem, intocada por meio século…

Agora voltei lá com a minha mulher Sandra. A vista continua deslumbrante, sobre todo o vale do Paraíba, mas o que fazer com o terreno? Só Deus sabe… Alguém quer comprar?


O acesso é em boas estradas de terra, através do Condomínio Alpes de São Gotardo, a energia elétrica e a estrada chegam ao terreno.

A esquina destas ruas, que levam ao Mirante, é praticamente dentro do meu terreno, que está com toda a documentação em ordem.


Estes são os limites aproximados do terreno, delimitado na área mais clara. A referência no Google Maps é “Mirante 45”.


Amplioando a escala, com o Vale do Paraiba, Campos do Jordão e Ubatuba.


Em 2007 estive lá com meu amigo Ronaldo Mencarini. O cenário era exatamente o mesmo…

é isso, por fernando stickel [ 15:07 ]

Essa foi difícil. Paulo Gustavo (1978-2021). Nos deixou muito jovem, muito talentoso, muito alegre, muito tudo. Não merecia ser vítima da Covid 19, pandemia negligenciada pelo governo incompetente e genocida de bolsonaro e sua quadrilha.

é isso, por fernando stickel [ 12:02 ]


26 Fevereiro 2003, aula de desenho com modelo vivo no meu atelier da Rua Nova Cidade, Vila Olímpia.


Hoje, 18 anos depois, o mesmo espaço abriga a sede da Fundação Stickel.

é isso, por fernando stickel [ 8:58 ]


Quando o galerista João Pedrosa me mostrou, muito tempo atrás, este vasinho de cristal dos anos 50, me apaixonei imediatamente!

Seu autor é o designer finlandês Timo Sarpaneva (1926-2006).

Sua superfício é totalmente “frosted”, uma delícia de textura, tem o tamanho de uma laranja e seu nome é “The Devil’s Churn”.

é isso, por fernando stickel [ 8:53 ]


Morei atrás deste muro cinza, na esquina das ruas Ribeirão Claro e Fiandeiras, na Vila Olímpia, por mais de 20 anos.
Hoje ali é a sede da Comunidade Shalom, para quem vendi o terreno.
Naquele período plantei inúmeras árvores na vizinhança, esta árvore da foto foi uma das que sobreviveu, outra foi cruelmente cortada pela então prefeita Marta Suplicy.
Nunca entendi direito por que BRASILEIRO ODEIA ÁRVORE.

é isso, por fernando stickel [ 20:19 ]


Tá difícil aguentar o excesso criminal de incompetência do governo Bolsonaro, na epidemia e em todo o resto.
400.000 mortes e contando.
Não entendi porque a Câmara dos Deputados não abre logo o impeachment.
FORA BOLSONARO!!!!!

é isso, por fernando stickel [ 16:59 ]


Sair de São Paulo em uma terça-feira comum, para um delicioso almoço celebrando a vida com um encontro de colegas do Colégio Visconde de Porto Seguro, acompanhados de maridos, esposas, namoradas… é um privilégio!


Bia, Sandra, Ursula e Karin


A casa paradisíaca do nosso amigo Jorge fica na Fazenda Boa Vista, a 100km de São Paulo.


Escultura de Pablo Atchugarry.


De pé, Norbert, Jorge, Thomas e eu.
Sentadas, Karin, Bia, Ursula e Sandra.


Obrigado aos queridos anfitriões, Bia e Jorge, já estamos com vontade de mais!

é isso, por fernando stickel [ 18:28 ]


Você precisa pintar algo da mesma cor, por exemplo completar a pintura de uma casa, ou pintar o segundo portão da mesma cor que o primeiro, e não sabe a quem recorrer?
É este senhor indicado na seta a solução.
Trata-se do Paulo do Império das Tintas na Rua Tabapuã, bairro do Itaim bibi.


O Paulo te atende com a maior simpatia e profissionalismo. Se for preciso fazer um teste ele produz uma pequena quantidade de tinta, você faz o teste, e só depois do teste aprovado ele fecha a encomenda.


A loja tem uma gigantesca quantidade de referências de cor, dos mais variados tipos de tinta, dá pra ficar horas escolhendo…
Quando resolvi usar o amarelo para fazer a cenografia do Espaço Fundação Stickel para a exposição de Maciej Babinski, levei a questão ao Paulo, e com dois testes resolvemos a questão!

é isso, por fernando stickel [ 15:02 ]


Terceira Etapa do Torneio Interlagos de Regularidade foi ao autódromo do Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo – ECPA neste fim de semana em Piracicaba, para contornar as limitações da pandemia.

Mario Sacconi, meu navegador e eu saímos às 7 da manhã com um friozinho gostoso rumo a Piracicaba.


A pista é curta e travada, não tão gostosa quanto Interlagos. Demorei para me acostumar e encontrar a rotina dos movimentos idênticos, o Mario com seu relógio Garmin me ajudou no tempo.


Mesmo com o resultado não tão bom desta prova, conseguimos manter o segundo lugar no Campeonato!

é isso, por fernando stickel [ 9:01 ]


Dez anos atrás, representando a Fundação Stickel, cheguei a Bertinoro, a cerca de 100 km de Bologna, na Itália, para fazer o curso “Foundation School” do CAF (Charities Aid Foundation) e IDIS (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social)


Antes de iniciar o check-in no local da hospedagem e do curso no La Rocca Vescovile – Centro Residenziale Universitario Bertinoro da Universitá di Bologna, fui almoçar.

Dei uma rápida olhada, a cidade é minúscula, e logo decidi pela Locanda della Fortuna, cujo nome por si só já ajudava muito na decisão…

Uma pasta, salada verde, pão e vinho tinto da casa. Pode ser melhor? Por 13 Euros.


Foi uma imersão interessantíssima de 5 dias em assuntos do Terceiro Setor, com muitos colegas russos, alguns brasileiros, uma norueguesa, etc…


Uma das grandes e importantes lições aprendida no curso, e logo aplicada na Fundação Stickel foi a importancia da Governança, com aprimoramentos no Conselho Curador e a criação do Conselho Fiscal.


Recebendo o diploma das mãos da coordenadora do CAF, a simpaticíssima Bea Devlin.


As colegas brasileiras, Duda, Rosa, Silvia, Marcia e a Paula no detalhe.


A turma toda no dia do encerramento. Eu estou agachado no centro.

é isso, por fernando stickel [ 10:31 ]