aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘saúde’

cirurgia novamente

Sábado à noite, 1 junho 2024, dei entrada na emergência do hospital Albert Einstein, para cirurgia para descompressão da coluna lombar. Tudo começou com uma dor forte na perna esquerda cerca de uma semana atrás prenunciando uma crise das boas.

No sábado à tarde fomos ao casamento da Bruna e do Fernandinho no interior, em Sarapuí, ao sair do carro no estacionamento do bufê, percebi que estava bem difícil de caminhar no piso inclinado , com pouca força na perna esquerda, tropecei na escada…

Doutora Alexandra recebeu rapidamente um filme que a Sandra fez de mim caminhando e recomendou que eu fosse correndo me internar no hospital, pois a compressão do nervo poderia gerar perda de força permanente na perna e no pé. Voltamos do casamento, rápida parada em casa para trocar de roupa e chegando no hospital fui logo fazer a ressonância, e aí vimos que que o caso é grave.

Na manhã seguinte recebi a visita do neurocirurgião Dr. Felipe Féres que me explicou todo o procedimento me deixando tranquilo, vários exames foram solicitados e a vida hospitalar suavizada por um plano de saúde top, excelente atendimento e um bom quarto com uma janela gigantesca e uma vista linda, deu até para ver o início do jogo São Paulo x Cruzeiro pelo canto da janela…

Hoje é segunda-feira e amanhã será a cirurgia. Estou tranquilo e confiante.

Cirurgia realizada na terça-feira 4/6 com a equipe do Dr. Hallim Féres, a situação estava bem pior do que os médicos imaginaram, prevista para durar 2h00 a cirurgia acabou durando 5h00 por conta de uma fístula na medula e eu terei que ficar vários dias em repouso sem sair da cama, até o banho tem que ser na cama.

Dias e noites dor cama função noite dia tudo misturado olhando o teto olhando a TV desligada olhando de relance a janela com um dia lindo aparecendo canos embaralhados e o barulho interminável da bomba de pressão das meias de compressão e assim passam as horas e os dias. Uma ou outra visita me alegra e me distrai. Momentos de pânico e depressão, s erá que vou andar novamente? Será que vou voltar a minha vida normal? Andar Dormir Comer. Desconhecimento do que aconteceu nesse processo todo, não sabemos nada tecnicamente e isso não ajuda. Melhor sair da cama pra ir ao banheiro, andar um pouco no quarto, vislumbrar a volta ao normal, vi vários jogos de Roland Garros.

Domingo de manhã, uma noite sem remédio para dor, acordei às 4h30 da manhã, fiz xixi e daí pra frente tentei acompanhar meu espírito em suas viagens extra-corpóreas. Funcionou mais ou menos até às 8h00 da manhã, sono leve cheio de aventuras.

Alta marcada para segunda-feira, amanhã à tarde. Andei 60 m no corredor é o começo da volta a normalidade.

A saúde é o nosso maior bem, nossa maior conquista, sem ela não há nada, não há sonhos e nem realizações, mal há pensamentos organizados. Às vezes é preciso tomar uma lição no nosso próprio corpo para perceber esta verdade inexorável.

Finalmente a alta, segunda-feira 10 junho 2024, 15h00.

Após a alta, já em casa, me dirijo à fisioterapia com o Pedro, na clínica da Av. Brasil, terça e quarta-feira, mas aí ressurge a dor na nuca, indicando vazamento do líquor na cicatriz da fístula, o resultado é a recomendação de permanecer o maior tempo possível na horizontal, deitado o dia inteiro, e assim foi quinta-sexta-sábado-domingo-segunda

Neste meio tempo estive no Einstein e o Dr. Felipe adicionou três pontos à cicatriz nas costas, para fechá-la definitivamente e impedir infecção.

A cicatriz do conserto da fístula na medula precisa cicatrizar e portanto parar o vazamento. Para diminuir a pressão, o recurso é ficar na horizontal. A indicação de que o vazamento parou será o curativo das costas limpo, o que ainda não aconteceu

Sinto que envelheci 15 anos em 10 dias.

Deitado olhando o teto, deitado olhando o celular, deitado olhando o canto do céu e os aviões passando, deitado esperando as horas passarem, enquanto isso meus músculos somem lentamente…

Domingo 16 de junho 2024, um pouco mais confiante na evolução. Sandra prepara almoço maravilhoso, spaghetti a bolonhesa, salada de rúcula, tomatinhos e mussarela, com uma taça de Pinot Noir. A dor/pressão na nuca parece que diminui.

é isso, por fernando stickel [ 8:26 ]

eterno peso

Desde que me conheço por gente eu controlo o meu PESO.

De alguns anos para cá um pneu se inseriu silenciosa e insidiosamente no meu figurino, fato esse que ocorreu sem mudança no peso, pois mantenho de 92 a 93 quilos, na média há pelo menos duas décadas.

Ocorre que com o envelhecimento você inevitavelmente perde massa magra, e portanto aumentei a proporção de gordura em relação ao peso total, daí o aparecimento do pneu.

Já fui ao nutricionista alguns anos atrás, aprendi tudo que é preciso aprender, fiz uma dieta, anotei e fotografei tudo o que comia, desisti, e continuo fazendo exercícios regularmente mas não na mesma intensidade de anos atrás, o que também contribuiu para o aparecimento do pneu.

Depois de muito pensar decidi que é hora, aos 75, de tomar uma atitude definitiva e me livrar do pneu, de maneira natural, e para isso resolvi observar o que faz a Sandra, minha mulher, que come praticamente as mesmas coisas que eu e mantém seu peso e seu belo corpo há décadas. Qual a diferença?

Os hábitos que coincidem:
– Horários regulares das refeições saudáveis, café da manhã, almoço e jantar
– Horários regulares de dormir e acordar
– Exercícios diários
– Check-ups anuais

Onde ela faz diferente:
– Gosta muito mais de salgados do que de doces
– Bebe pouquíssimo, talvez 5 ou 10% da quantidade que eu bebo.
– Come pouquíssima besteira, como chocolates, sorvetes, etc… talvez menos de 5% do que eu
– Faz lanche da tarde regularmente
– Não come mais nada após o jantar.

Observações feitas resolvi fazer um teste, e replicar o comportamento da Sandra durante uma semana. Sem álcool, sem doces e sem nada depois do jantar, só água.
Apenas uma exceção, que é o jantar da quarta-feira, que fazemos tradicionalmente no restaurante japonês, e aí eu me permito um ou dois sakes. Algo similar farei no sábado ou domingo.

Iniciei o teste na sexta-feira 12/01/2024, com o peso de 92,5kg. Hoje, 19/1 estou pesando 92,1kg, ou seja com esta estratégia simples, praticamente indolor, perdi 400 gramas.

A técnica é indolor, sim, contanto que você mantenha 100% do foco no objetivo, que é perder o pneu, e ganhar agilidade, usar calças que estão apertadas, etc…

Para colocar números no objetivo, vou pensar em perder cerca de 200 gramas por semana durante 20 semanas, ou seja, chegar a 88kg em 1 julho 2024. Haverão intercorrências, viagens, e várias otras cositas mas, mas no geral acho que é um bom plano, o sucesso da primeira semana me deixa animado!

é isso, por fernando stickel [ 8:26 ]

correção da catarata

Em 2005, aos 57 anos de idade, eu limpava obsessivamente as lentes dos meus óculos, sem me dar conta que a sujeira não estava nas lentes, e sim na progressiva opacidade dos cristalinos, as lentes dos nossos olhos. Era a catarata se instalando subrepticiamente. “Muito cedo” disse na época o Dr. Marcelo Cunha (1955-2021), meu oftalmologista, mas já que apareceu, vamos operar. O procedimento inclui o implante de uma Lente Intra Ocular (LIO) que substitui o seu cristalino “original” danificado. Assim fizemos, nos dois olhos, um na sequência do outro, pouco depois das cirurgias o processo se completou com novas lentes para os óculos, pois com a operação o grau diminui. Tudo funcionou, lentes limpas!

Cerca de seis meses atrás, em consulta de rotina, fui diagnosticado com início de glaucoma no olho esquerdo, o tratamento para a pressão alta intraocular que origina a doença é uma gota de colírio diária, muito simples. Há dois dias atrás meu olho esquerdo subitamente ficou com a visão embaçada e todas as luzes apresentavam um halo… Fiquei apavorado com a possibilidade de alguma coisa grave relacionada ao glaucoma, e ontem mesmo já estava de volta ao consultório da Dra. Gabriela, oftalmologista.


A seta na foto aponta a lente deslocada

O resultado da consulta: A lente implantada na operação de catarata 18 anos atrás saiu do lugar, se deslocou, provocando a visão embaçada. UFA!!! Nada relacionado ao glaucoma. A correção será cirúrgica, já marquei para a semana que vem com o Dr. Andre Maia.

Neste meio tempo ficamos pensando sobre a possível razão para a lente sair do lugar, um evento raro segundo a Dra. Gabriela, mas relatado na literatura: Movimentos bruscos ou traumas oculares, qualquer ação que cause pressão ou movimento repentino no olho, como esfregar o olho vigorosamente, pode levar ao deslocamento da Lente Intra ocular (LIO). Sandra lembrou do meu tombo de moto, um evento traumático 8 anos atrás que pode ter dado início ao processo de deslocamento da lente.


Logo após a cirurgia, na sala de recuperação

Na quinta-feira 14/9/2023 às 11:00h ocorreu a cirurgia denominada vitrectomia na clínica da Av. Gabriel Monteiro da Silva, tudo dentro do previsto. A dose de Dormonid foi mais fraca e eu fiquei em estado de sonolência, não apaguei completamente, deve ser parte do aprimoramento da técnica. A cirurgia levou cerca de 3h00 bem mais do que a cirurgia de catarata, que leva no máximo 30 minutos. Chegamos em casa cerca de 14h30, almocei e dormi profundamente no sofá. Sandra preparou um maravilhoso jantar com direito a mille-feuille da Confeitaria Dama, assistimos TV.


A lente implantada

Assim que deitei para dormir e apaguei a luz senti que meu olho esquerdo tinha como se fosse um foco de luz aceso em sua frente e o direito não, na normalidade do quarto escuro. Essa diferença me perturbava e me preocupei que não conseguiria dormir desse jeito. Fui me acalmando tentando reduzir essa luminosidade virtual e pouco a pouco os dois olhos passaram a ter a mesma sensação de quarto escuro. Ainda assim não consegui dormir, ao contrário da minha rotina diária, talvez pela ausência do CPAP, que não pude usar por causa do tampão no olho. Cerca de meia-noite e meia senti que a anestesia estava finalmente se dissipando.

Não dormi bem, levantei às 5:30 e vim escrever este relato, utilizando só o olho direito. Funciona, mas não é confortável, pela perda da profundidade de campo. O olho operado doi um pouco mas nada que me obrigue a tomar uma Novalgina. Logo mais às 9h00 voltarei à clínica para retirar o tampão e iniciar a rotina dos colírios.

Retirado o tampão minha visão se apresentou bastante confusa, mas todos me garantem que é assim mesmo. Dr. Andre Maia me explicou que o primeiro dia é o pior e vai melhorando progressivamente.
Utilizando uma tabela para não me perder, devo utilizar colírios de hora em hora. Os exames na retirada do tampão indicaram que a cirurgia foi perfeita. Em 6 a 8 semanas tudo estará normalizado e nova lente para os óculos poderá ser encomendada.

Após uma rápida passagem no meu escritório após a consulta da manhã, passei o dia em casa, a visão atrapalhada ainda não me motiva a fazer alguma coisa. Amanhã será um novo dia!


A tabela de uso dos colírios.

2ª noite: Dormi bem usando o CPAP, cerca de 8h00 no total. Acordei às 5h00 da manhã com a sensação do olho grudado, passei uma água e voltei a dormir. Acordei com a sensação da visão mais encaixada, porém embaçada, o olho esquerdo bem congestionado, vermelho e cheio de meleca. Banho, colírio e vida que segue.

é isso, por fernando stickel [ 12:14 ]

rotavirus

Sandra e eu comentamos recentemente o quanto gostamos de comer, em qualquer situação. E como este prazeiroso hábito resiste a qualquer instabilidade. Pois então. Perdi o apetite, indicativo de algo grave.

Sem álcool, sem café, sem doce, sem gordura, sem apetite e sem prazer. Assim foram meus últimos cinco dias, nos quais perdi 1,5 kg.

É um novo tipo de dieta? Não. É doença mesmo.

Responsável pela façanha atende pelo nome de Rotavírus e a doença é a gastroenterite. Lembro de uma pneumonia que tive há mais de 40 anos atrás que me derrubou de maneira similar.

Falta de energia, febre, inchaço abdominal, diarréia, inépcia mental, falta de apetite são algumas das coisas que ocorreram nestes dias. As horas passam e você parece envolto em uma névoa abafada e opaca de falta de vontade de fazer qualquer coisa.

O sofá do apartamento não me aguenta mais…

Desci no térreo do meu prédio para tomar um sol e os poucos passos necessários para a ação me pesaram. É assim, não há o que fazer, é comer maçã sem casca e aguardar a melhora.

ATUALIZAÇÃO: Ontem, domingo 6/8/23 acordei melhor, com mais vontade de fazer coisas, comi melhor, passeei com os cachorros à tarde, sem cansaço, e até uma pizza (sem muzarela) comemos! Ou seja, no quinto dia da encrenca SAREI!!!

é isso, por fernando stickel [ 12:02 ]

dry january


Comecei ontem, 1/1/2023 o Dry January, ou Janeiro seco, significa simplesmente 31 dias sem consumir álcool, só isso.
Os benefícios desta pausa no consumo de álcool para a saúde são vários, o principal é um freio de arrumação nos hábitos etílicos… e em segundo lugar um belo auxílio na perda de peso.

é isso, por fernando stickel [ 18:15 ]

72 com muita lenha pra queimar!

https://twitter.com/i/status/1313095587139592192

Meu aniversário de 72 anos transcorreu como o clip acima, alegre, poderoso, inovador…

Um dia muito interessante!

Logo cedo recebi lindas flores de minha ex Jade Gadotti, e também da minha colaboradora Ana, obrigado!!

Às 9:00h em ponto iniciou-se uma reunião virtual via Zoom com o Conselho Curador da Fundação Stickel, onde importantes decisões foram tomadas, uma das melhores reuniões já feitas!
Na sequência minha aula com o personal trainer Samuel Amorim, responsável desde o início da pandemia por manter meu corpo em ordem.
Após o banho verifiquei no espelho que meus glúteos de fato estão com maior tonus, o que é muito importante pois eles são de fato a base que sustenta minha coluna semi avariada…
Mais alguns presentes chegaram, delícia!
Fui buscar minha mãe em sua casa para almoçar comigo, estavam também no almoço minha filha Fernanda, minha mulher Sandra e o Samuel. Deliciosos camarões e uma garrafa de champagne, de sobremesa uma cocada dos deuses!


Durante o almoço, maravilhosamente preparado pela Sandra, a Fernanda comentou que o meu neto Samuel de 10 anos tinha ido naquela manhã ao médico para verificar seu crescimento, que está absolutamente normal, ótima notícia!
À tarde no escritório uma deliciosa surpresa, quando me chamaram para uma reunião Zoom convocada apenas para comemorar meu aniversário, com toda a equipe da Fundação! Novamente bolo e champagne.
Terminamos o dia Sandra e eu exaustos no sofá, assistindo ao último capítulo da excelente série Netflix “Bom Dia Verônica”
A cereja do bolo do dia chegou por volta das 11 da noite, quando meu filho Arthur me ligou de Vancouver no Canadá para informar ter sido aprovado como free lancer e vai trabalhar para o mega estúdio de animação Titmouse!

é isso, por fernando stickel [ 23:42 ]

recuperação instantânea!


Três dias depois da operação, fazendo pose!
Sandrinha é um fenômeno!!

é isso, por fernando stickel [ 9:12 ]

sandra operou


Chegamos no Einstein cedo para o check-in. Já no quarto Dr. Guilherme Ribas fez as explicações de praxe e me disse para ir embora, que a operação seria longa e que ele me ligaria ao final da tarde.
– Vá para casa, vida normal, não há nada para fazer aqui…
E assim foi, por volta das 17:30h ele me ligou dizendo que tudo tinha corrido bem. Fui ao hospital e encontrei o clínico da Sandra, Dr. Dino Altmann ainda com a roupa verde de cirurgião, que me confirmou que tudo havia corrido bem, foram 12 horas de cirurgia, e que a Sandra ainda demoraria um tempo até chegar no quarto.

é isso, por fernando stickel [ 9:02 ]

tempo, memória, dormonid


O tempo, a memória e o Dormonid

Há uma semana atrás, no dia 14/9/2017 acompanhado da minha mulher Sandra entrei no hospital às 8 horas da manhã para realizar cirurgia de hérnia inguinal do lado esquerdo.

Após recepção e check-in subimos para um quarto provisório, o definitivo só após a cirurgia. Pouco a pouco foram chegando os enfermeiro(a)s, médicos da equipe de cirurgia, fui recebendo instruções, tire a roupa, coloque esta camisola azul (que te deixa com a bunda de fora…) deite na cama, tiraram minha pressão, picaram meu dedo para subtrair uma gotinha de sangue, mediram minha temperatura, etc… e assim foi até o maravilhoso momento da aplicação de uma minúscula injeção em minha nádega direita: DORMONID!!!

Deitei na maca com rodinhas e lá fui empurrado pelos corredores em direção ao centro cirúrgico, fiquei olhando o teto dos corredores, luminárias, grelhas de ar condicionado, luminárias… grelhas… e nem percebi que apaguei.

Não me lembro do meu retorno ao quarto, porém me lembro de uma única coisa, me mostraram um saquinho plástico com coisas do meu corpo dentro, uma visão David Lynchiana…

Os médicos vieram me visitar, e óbviamente não lembro de nenhum deles, porém comentaram que interagiram comigo, conversaram…

Não lembro dos horários nem dos rostos nem de nada, acho que jantei, e de lá para cá o tempo e as memórias se condensaram, ou se expandiram, ou simplesmente desapareceram. Desconfortos, dores, tudo vai sumindo…

Mais alguns dias e mal lembrarei desta cirurgia…

Às vésperas de completar 69 anos de idade, a quantidade de cirurgias vai aumentando, amígdalas e implante de placenta na adolescência, hérnia de disco com 40 anos, catarata, ombro, e agora hérnia inguinal… Vamos em frente!!!


Com minha mãe pós cirurgia!

é isso, por fernando stickel [ 8:33 ]

eu aos 68


Este sou eu, aos 68 anos de idade e 91kg. Ainda mantenho os 1,81m. de altura originais…
Sem dores significativas, sem mal estares significativos.
Me alimento bem, durmo bem, me exercito razoavelmente bem.
Trabalho bem.
Esqueço algumas coisas… faço malabarismos com a ajuda do Google para lembra-las…
A foto quem fez foi o Rafael do meu clube, sob minha orientação.

é isso, por fernando stickel [ 13:49 ]

um ano operado

op
Há um ano atrás, exatamente no dia 13/4/2015, operei meu ombro direito. O resultado foi excelente, um ano depois nem me lembro da cirurgia e dos meses de recuperação e fisioterapia. Obrigado Dr. Checchia e equipe!

é isso, por fernando stickel [ 9:49 ]

dois anos se passaram…

vida
Há dois anos atrás, às 15:30h do dia 25 Janeiro 2014 sofri um acidente de moto.
A foto acima é do dia 30/1/2014, minha primeira saída de casa após o acidente, que não para ir ao hospital…
Estou usando um colete por conta de uma vértebra quebrada e todos os ralados estão medicados.
Em abril 2015 sofri uma cirurgia no ombro direito, por conta das sequelas da queda, e hoje estou completamente recuperado.
Não ando mais de motocicleta.
O processo todo foi sofrido, doído, provocou uma revolução nos hábitos domésticos, a Sandra me ajudou muito no início, no banho, curativos, etc… depois contratei um enfermeiro para me ajudar, enfim, sobrevivi!
Só tenho a agradecer estar vivo e bem. E mais sábio…

Veja aqui todos os posts sobre o acidente e suas consequências.

é isso, por fernando stickel [ 8:29 ]

cirurgia no ombro

o1
A preparação.

A necessidade é a mãe da invenção.
Minha datilografia sempre foi péssima, cato milho razoavelmente com a mão direita.
Com o ombro direito operado fui descobrir uma nova maneira de datilografar, existe um recurso no Mac para ditado, que acabo de acionar. Funciona bem. É assim que estou escrevendo estas linhas.

A operação no meu ombro direito no Sírio Libanês foi um sucesso, pouquíssima dor até agora, atendimento perfeito da equipe médica do Dr. Sergio Checchia quanto do hospital, e evidentemente da minha querida acompanhante Sandra.
Fiquei na nova ala D, moderníssima e ampla.
Tudo conforme o programado, uma noite apenas no hospital e saímos hoje de manhã, após banho e barba com auxílio profissional, sem o uso do braço direito as coisas podem ficar bastante difíceis…
Recebei instruções precisas sobre o uso da tipoia e para movimentar o mínimo o braço direito.
Alguns exercícios simples de fisioterapia deverão ser feitos durante dia.

Algumas novidades como as meias para evitar trombose me massagearam durante a noite inteira, todos os atendimentos da enfermagem são feitos e registrados online através de aparelhos tipo celular. O cuidado para marcar no corpo o local correto para a cirurgia chegar a ser excessivo, mas dá para entender quando se lê tanto sobre erros médicos.

o2
A constelação de furos.

03
A elegancia pós-cirurgica.

o4
A volta à vida normal (com tipoia…)

é isso, por fernando stickel [ 16:45 ]

cirurgia do ombro

Estou saindo com a Sandra para a cirurgia do meu ombro com Dr. Sergio Checchia. Té já!

é isso, por fernando stickel [ 6:32 ]

laparoscopia no ombro!

ombro3
Desde meu acidente de motocicleta em 25 Janeiro 2014 venho batalhando com muita fisioterapia contra as lesões decorrentes no ombro direito.
Melhorei bastante, no meio do ano passado já estava nadando razoavelmente bem. Mais para o final do ano as dores voltaram, fui obrigado a parar a natação, e, resumindo, a cirurgia está marcada para o próximo dia 13/4.
O diagnóstico: Lesão do manguito rotador + Tenodese do biceps + Acromioplastia
Dr. Checchia fará por via artroscópica, é uma operação bastante conhecida e com excelentes resultados, só espero não ser um ponto fora da curva!

é isso, por fernando stickel [ 10:39 ]

um mês de dieta

diet
Hoje completo um mês de dieta. Iniciei com 94,4kg, eliminei 3,3kg e cheguei a 91,1kg.
Dieta extremamente simples, cortei 100% do álcool e dos doces e me alimento 5 vezes ao dia, com moderação.
Adicione-se a isso exercícios físicos, é óbvio, se não a coisa não vai…

Saí da dieta apenas dois dias neste período, um casamento e um jantar, que cobraram a conta no dia seguinte, mas cujo efeito foi rápidamente debelado pela volta à dieta radical.

Me sinto bem, as roupas voltaram a entrar, tudo funciona bem, é perfeitamente possível viver assim. Quando dá uma vontade de alguma coisa, é de um drink, uma taça de vinho. No meu caso em relação ao doce (chocolate, sorvete, torta, pavê…) é definitivamente melhor não provar nada, um pouco de doce é o caminho inevitável para muito doce… a única exceção é a bolachinha que vem junto com o café, fico só com ela e pronto!

Minha meta é chegar aos 88kg, algo que vou conseguir com a ajuda da minha mulher Sandra, pois afinal das contas foi ela que me incentivou a iniciar esta necessária descendente…

é isso, por fernando stickel [ 18:25 ]

primeira semana do ano

hou
Auto-retrato em casa, pensando na vida… Calor africano e ar condicionado desligado para evitar contaminação da fumaça do charuto, janelas abertas, leve brisa.

hou2
Pela manhã a constatação da perda de 2kg na primeira semana do ano, depois da farra do Natal e Reveillon.
A receita? É simples, basta querer e obedecer as ordens da patroa… Alimentação correta, exercício físico, zero açúcar e zero álcool. Ainda falta perder mais alguns quilinhos…

é isso, por fernando stickel [ 14:50 ]

ressonância

resson
Seis meses e alguns dias após meu acidente de motocicleta, revisito a ressonância feita no dia 25/4/2014, o dia do acidente.
Foram duas fraturas nas vértebras, L1 e L2, e duas fraturas nas costelas, a chapa só mostra uma.
É fascinante a clareza destas máquinas modernas, vê-se tudo, inclusive bicos de papagaio e todo o estrago que a idade faz na coluna vertebral!
Surpreendentemente não sinto dores, e agradeço diariamente por isso!

é isso, por fernando stickel [ 15:07 ]