aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

as1

as2

as3
Minha mãe continua a encontrar tesouros… Desta vez são fotos de 1915 do interior da casa onde morou meu avô Arthur Stickel na R. Abilio Soares 49, no bairro do Paraiso em São Paulo.
O interessante são as anotações à caneta na foto, dando o endereço, mencionando Wohnzimmer, ou seja “sala-de-estar” e a orientação, sudeste, norte e oeste…

é isso, por fernando stickel [ 15:10 ]

casacampos copy

gambi

sabara

olhar4

olhar2

higgs

Pantheon2

standard

é isso, por Fernando Bueno [ 22:57 ]

IMG_2284IMG_2282

sandra & samuel

sandra & samuel

IMG_1530IMG_1522IMG_1521

é isso, por Fernando Bueno [ 22:52 ]

nóis!

nóis!

dogs!

dogs!

drachalski

drachalski

the one and only Bolt

the one and only Bolt

Sandra no Natal de 2013

Sandra no Natal de 2013

é isso, por Fernando Bueno [ 22:47 ]

legenda para JK

legenda para JK

 

parati

parati com pagoda

algumas mercedes

algumas mercedes

legenda pagoda 1

legenda pagoda 1

pagodera

pagodera

checkpoint

checkpoint

mais pagoda

mais pagoda

pagoda ti1

pagoda ti1

é isso, por Fernando Bueno [ 19:15 ]

stickel sorri!

stickel sorri!

Pagoda

Pagoda

 

Pagoda aberta

Pagoda aberta

é isso, por Fernando Bueno [ 18:36 ]

fsdenise
Minha amiga, a fotógrafa Denise Andrade fez um excelente retrato deste que vos escreve… Abandonei qualquer réstia de recato e coloquei aí procêis curtirem…

é isso, por fernando stickel [ 18:16 ]

Captura de Tela 2015-11-10 às 18.23.12
Emprestado da coluna do Claudio Humberto.

Toda a força aos caminhoneiros!!!!

#ForaDilma #ForaLula #ForaPT #ForaCunha #ForaRenan

CHEGA de petralhas incompetentes e corruptos dirigindo o Brasil rumo ao abismo!

é isso, por fernando stickel [ 17:34 ]

data1
Este é o “Data-Card” da Mercedes-Benz 280 SL 1970, do dia 21 Janeiro 1970, seu registro de nascimento, descrevendo o modelo e suas características, acabamentos, cores, opcionais, etc…

Quando a numeração dos componentes principais do carro (chassis, motor, câmbio) bate com os números do Data-Card, diz-se que ele é “Matching Numbers”, ou seja, 100% original conforme saiu da fábrica, uma característica altamente desejável pelos colecionadores.

A cor original do carro é o código 717, Papyrus Weiss, que é mais um cinza claro que um branco, uma cor “antiga” apropriada para carros de quatro portas. Vou tomar a liberdade de pintar o carro agora na restauração no código 050, também pintura original Mercedes da época, é um branco levemente puxando para o creme, muito parecido com a cor em que o carro estava antes do restauro.

O estofamento vermelho é o original de fábrica, assim como a capota de lona preta. Acrescentarei um opcional importantíssimo, ar-condicionado original Frigiking.

data2
O número do chassis.

data3
O número do câmbio.

data4
O número do motor.

IMG_5561.JPG
Em breve ela voltará em toda a sua glória!!

é isso, por fernando stickel [ 11:55 ]

Ontem, 7/11/2015,casamento do meu filho Antonio com a Rubia!! Em breve nascerá meu segundo neto!! Parabéns aos recém casados, bem-vindo bebê!!!

cas1
Os noivos e as madrinhas, Fernanda Stickel e Tati Nolla perante a juiza de paz.

cas2
Aguardando a hora no cartório!

cas3
O almoço.

cas4
Casados!

é isso, por fernando stickel [ 18:34 ]

d1

d2
O mestre da funilaria Dirceu, da oficina A.M.Marcelo me apresenta o painel traseiro da Mercedes-Benz 280SL, construido na tesoura e no martelo por ele.
Cada parte enferrujada do carro é recortada e substituida por uma chapa nova, moldada exatamente no formato original por suas hábeis mãos.
O processo é lento, detalhista, meticuloso. Ao final do trabalho 100% da lataria terá sido revisada, consertada, liberada de qualquer partícula de tinta ou ferrugem, limpa, e receberá demãos de anti-oxidante e primer.

d3
A parte traseira do carro, sem o painel.

d4
O interior da carroceria já passou pelo processo de restauro.

é isso, por fernando stickel [ 10:06 ]

convite boi15
Exposição comemorativa dos 50 anos de carreira do meu amigo José Carlos BOI Cezar Ferreira, no estúdio do Artur Lescher na Vila Leopoldina.
Venham! Próximo sábado 7 Novembro, das 16:00 às 20:00h

é isso, por fernando stickel [ 12:58 ]

ouro
Mais uma foto antiga encontrada! O endereço do Edifício Siriuba, R. São Francisco 71, escrito pelo meu pai nas costas da foto.
Em destaque a entrada do Restaurante Ouro Velho, com um recepcionista uniformizado.

ouro2
O luminoso, afixado na fachada do prédio.

ouvidor
Este prédio de seis andares e subsolo, sem garagem, foi construido pelo meu pai Erico Stickel no final dos anos 50, na esquina das ruas São Francisco e Ouvidor, no centro de São Paulo, com projeto arquitetonico de Oswaldo Bratke (1907-1997).
Aos sábados de manhã ele me convidava:
– Fernando, vamos ver o “predinho”?
E lá íamos nós ao centro da cidade visitar a obra, o momento culminante era andar no elevador de madeira da obra, eu devia ter 10 ou 11 anos de idade.
O prédio ficou pronto, meu pai se instalou no último andar, o restante do prédio era ocupado pelos escritórios da Argos Industrial do meu tio Ernesto George Diederichsen, cuja sala ficava no quinto andar.
Naquela época o centro da cidade era muito arrumado, ao ponto de meu pai exigir que eu colocasse terno e gravata “para ir ao centro”. Hoje está tudo degradado, sujo, uma tristeza…

ouro-velho
Projetado pelo arquiteto Jacob Ruchti (1917-1974), no subsolo do prédio, com entrada pela Rua do Ouvidor 52, ficava o sofisticado restaurante Ouro Velho, muito conhecido nos anos 60 e 70 pelos almoços de executivos, palco de “power-lunches” e happy-hour. Era pequeno, acolhedor e decorado em estilo colonial. Servia pratos clássicos como Chateaubriand e Camarão à Newburg.
As grandes ocasiões da família eram sempre comemoradas lá. O logotipo do restaurante tinha a letra “V” no lugar do “U”.

é isso, por fernando stickel [ 0:26 ]

Por alguma curiosa razão cairam no meu colo recentemente três histórias fascinantes, localizadas em São Paulo, New York e Los Angeles.

Escritas por jornalistas investigativos, são retratos trágicos da vida urbana nas grandes cidades.

nelsonneusa
No site BRIO, SOBRE A SEDE
por Vitor Hugo Brandalise

jbell
Na revista eletrônica do New York Times, The Lonely Death of George Bell
Written by N. R. KLEINFIELD; Photographs by JOSH HANER

lam
No site Matter, American Horror Story: The Cecil Hotel
This story was written by Josh Dean, edited by Bobbie Johnson, and fact-checked by Sarah Sloat. Photographs by Daniel Shea for Matter.

é isso, por fernando stickel [ 17:23 ]

bell2
Photograph by JOSH HANER
The Lonely Death of George Bell – A história de uma morte solitária em New York. Aqui.

bell
Esta foto PB me lembrou o trabalho da fotógrafa Diane Arbus, poderia perfeitamente bem ser de autoria dela… inclusive pelo formato quadrado. E claro, pela história ligada a ela…

é isso, por fernando stickel [ 16:58 ]

cpi
A mosca morta do Luis Sergio enterrou a CPI da Petrobras, como era previsivel, livrando a petralhada do relatório final. Até aí é um enredo trágico, vergonhoso, porém conhecido há pelo menos 12 anos de PT no poder.

O que é inadmissível é a oposição calar-se diante desta VERGONHA, apenas mais uma na infindável lista de vergonhas às quais o PT submete o Brasil dia sim dia também.

CADÊ A OPOSIÇÃO?????!!!!!

Em tempo:

Dilma Rousseff disse ontem que seu governo não está envolvido em escândalo de corrupção.

O Antagonista, então, atualizou a lista de ministros do governo de Dilma Rousseff cujos nomes estão envolvidos em escândalos de corrupção, incluindo o último deles, Carlos Gabas (e excluindo Guido Mantega, porque ele ainda não foi formalmente denunciado no escândalo do Carf):

1 – Antonio Palocci

2 – Edinho Silva

3 – Edison Lobão

4 – Erenice Guerra

5 – Fernando Pimentel

6 – Silas Rondeau

7 – Aloizio Mercadante

8 – Gleisi Hoffmann

9 – Paulo Bernardo

10 – Mario Negromonte

11 – Fernando Bezerra

12 – Carlos Gabas

é isso, por fernando stickel [ 7:42 ]

oma
Encontrei a foto acima nos meus arquivos, uma das mais antigas em formato digital, e com menor resolução, dei-lhe um banho de photoshop e republiquei o post:

Na praça dos Omaguás, vizinho à FNAC em Pinheiros reuniram-se no dia 22 Maio 2003, pontualmente às 20:00h no Café Gardênia, por iniciativa da Luciana Benatti alguns amantes, relacionados, amigos e fazedores de blogs.
Adorei a iniciativa, adorei principalmente ver, conhecer, conversar com algumas das pessoas por trás destas maravilhas chamadas blogs.

Da esq. para a dir; eu, Marcelo Min, Arthur, Paulo, Luciana Jardim, Marianne Wenzel, Luciana Benatti, Jean Boechat.

é isso, por fernando stickel [ 0:34 ]

dirceu
Nas últimas semanas tenho visitado regularmente a oficina A. M. Marcelo, autorizada Mercedes-Benz responsável pelo restauro da Pagoda 280 SL 1970.
Acompanho com crescente interesse o trabalho do funileiro “Master” Dirceu, um artista, artesão de primeira água, preciso, calmo, eficiente, de poucas palavras.
As peças deterioradas pela ferrugem cedem lugar a chapas novas, moldadas com precisão germanica, impossível diferenciar a nova peça restaurado do original decaído.
Uma hora é a solda MIG, em outra o oxi-acetileno, depois o martelo, a serra e a tesoura, tudo em uma sequência lógica, por vezes barulhenta, mas sempre eficiente.
Nada escapa de seu escrutinio, nenhum detalhe deixará de ser corrigido, tudo caminha para a perfeição absoluta!
É um enorme prazer acompanhar a evolução deste trabalho!!!

dirceu2
Chassis, portas, painéis, tudo alinhado, aço, alumínio, tudo no seu lugar!

é isso, por fernando stickel [ 23:22 ]