aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘280 SL’

pagoda com rodas de alumínio


Os primos Mercedes e Porsche foram visitar o tio Zeca na A.M.Marcelo. A Mercedes-Benz 280 SL 1970 aproveitou para trocar os sapatos…


As rodas de ferro originais do carro, pesando cada uma 9,7 kg foram substituidas por rodas de alumínio originais, muito raras, pesando apenas 4,6 kg cada. Os benefícios são vários:
– Diminuição de 20,4 kg do peso total do carro, cerca de 1,6%, o que bem ou mal influencia no consumo de combustível.
– Melhor dirigibilidade, aceleração e frenagem, pela redução da inércia no conjunto roda+pneu.
– Preservação da suspensão e freios, pela redução da massa não suspensa, ou peso não suspenso.
– O desenho das rodas com furos, proporciona melhor dispersão do calor, preservando os freios.
– Preservação estética, as calotas originais são preservadas.

A operação para comprar as rodas no E-bay e trazê-las foi longa e cara, mas valeu a pena!

é isso, por fernando stickel [ 9:14 ]

car-food-trip


Evento Car-Food-Trip reune dezenas de carros clássicos, principalmente Jaguar, na Fazenda Primavera, vizinha do Condomínio Baroneza.
Sandra e eu fomos com a Mercedes-Benz 280 SL 1970!


Meu pai Erico teve um Jaguar Mk V igual a este, lembro perfeitamente do cheiro do carro, do couro “Connoly”!


Algumas Mercedes no evento.


O E Type mais chique tinha “Rudge Wheels”


Impressionante coleção de carros top!

default


Bar e buffet impecáveis!

default


Jaguar XK 150 em uma cor única!

é isso, por fernando stickel [ 16:24 ]

abriu bachir!


Eu tive o prazer de ser o primeiro cliente! Abriu Bachir a dois quarteirões da minha casa, na esquina da R. Diogo Jácome com a Av. Helio Pellegrino, deliciosa sorveteria libanesa! Com lojas em Beirute e Paris, a tradição está na família de Maurice e Carolina, os donos, que muito simpáticos me ofereceram sorvete logo às 9:30h da manhã, que apreciei gulosamente!!!


Combinação perfeita, Mercedes Benz 280 SL com Bachir!

é isso, por fernando stickel [ 8:08 ]

rallye pedra do baú


Sandra como navegadora e eu participamos do 105º Raid do MG Club – Rallye de Campos do jordão – Pedra do Baú, com a Mercedes-Benz 280 SL 1970!


Largada da Etapa Noturna, sexta-feira 3/12 19:00h


Em plena competição!


Em plena ação!


A Pousada do Quilombo fica em um cenário privilegiado, em São Bento do Sapucaí, de frente para a Pedra do Baú!
A Pagoda comportou-se com perfeição, de dia e de noite, e a recém instalada proteção térmica cumpriu com eficiência seu papel.


No quesito navegação a coisa não foi tão bem… Principalmente porque utilizamos pela primeira vez um aplicativo de celular chamado Rabbit, que nada mais é que uma planilha eletrônica que teoricamente controla tudo pelo GPS. No entanto, a mistura do Rabbit com a planilha em papel tradicional revelou-se uma tragédia, ao menos para nós…
Desta maneira ficamos em 11º na Etapa Noturna e 12º no sábado, 4 Dezembro.

é isso, por fernando stickel [ 9:09 ]

a definição da beleza

No Instagram do Mercedes-Benz Museum: The very definition of beauty!

é isso, por fernando stickel [ 10:26 ]

proteção térmica pagoda


Um dos problemas da Mercedes-Benz 280SL 1970 (w113) é que ela não foi projetada para uso em países tropicais, a consequência é o aquecimento do habitáculo, principalmente em viagens mais longas, ou em trechos urbanos com trânsito. A solução está no isolamento térmico, para melhorar a habitabilidade.
O fabuloso Tica foi contratado para o serviço, o primeiro passo é desguarnecer toda a tapeçaria.


Na sequência aplicar a manta térmica.


A terceira fase é a proteção com alumínio.


Para aumentar a proteção, um escudo de alumínio foi criado ao longo dos canos de escapamento, que correm exatamente sob os pés do passageiro.


A peça especial.

é isso, por fernando stickel [ 10:15 ]

campeões regularidade!!


Domingo, 8 Agosto 2021, Dia dos Pais, começou com um lindo café da manhã enviado pelos meus filhos e arrumado lindamente pela Sandra!



Mario Sacconi (de azul), navegador e eu conquistamos o Primeiro Lugar no Campeonato de Regularidade Interlagos Verde & Rosso 2021!!


Nossa fiel companheira, Mercedes-Benz 280SL 1970, “Pagoda” tratada sempre com muito carinho, não decepcionou em Interlagos! Obrigado ao Zeca e ao Marco que me ajudam a mantê-la impecável!


Os troféus do campeonato.


Sétima e última etapa do Campeonato de Regularidade Interlagos Verde & Rosso 2021!


Segundo lugar na prova de hoje!


Parabéns ao Decio Fantozzi e sua equipe de cronometragem! Fantásticos organizadores do Campeonato!

é isso, por fernando stickel [ 23:12 ]

regularidade em interlagos


Na 6ª Etapa do Campeonato Verde Rosso de Regularidade em Interlagos, Mario Sacconi e eu continuamos liderando o Campeonato, apesar do resultado sofrivel da prova…

é isso, por fernando stickel [ 13:08 ]

regularidade interlagos


Mario Sacconi e eu em ação em Interlagos!


Com a Mercedes-Benz 280SL 1970 conquistamos no domingo 13 Junho o terceiro lugar na 5ª Etapa do Campeonato Verde Rosso de Regularidade.


Atrás de mim, com boné cor de rosa Mario Sacconi, meu navegador.


Assumimos a liderança do Campeonato!

é isso, por fernando stickel [ 10:35 ]

regularidade em interlagos


Quarta etapa do Campeonato de Regularidade Verde & Rosso

é isso, por fernando stickel [ 10:48 ]

regularidade em piracicaba


Terceira Etapa do Torneio Interlagos de Regularidade foi ao autódromo do Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo – ECPA neste fim de semana em Piracicaba, para contornar as limitações da pandemia.

Mario Sacconi, meu navegador e eu saímos às 7 da manhã com um friozinho gostoso rumo a Piracicaba.


A pista é curta e travada, não tão gostosa quanto Interlagos. Demorei para me acostumar e encontrar a rotina dos movimentos idênticos, o Mario com seu relógio Garmin me ajudou no tempo.


Mesmo com o resultado não tão bom desta prova, conseguimos manter o segundo lugar no Campeonato!

é isso, por fernando stickel [ 9:01 ]

páscoa em família


Almoço de Páscoa com Sandra, minha sogra Dionice, seu marido Zé e minha Mãe Martha. Comida excelente, e ao final do almoço experimentamos ainda alguns destilados envelhecidos.


Na volta para casa minha mãe, aos 94, foi comigo na Mercedes-Benz sem capota!


Na casa dela ainda ajudei a acertar algumas coisas no celular…

é isso, por fernando stickel [ 13:01 ]

mercedes no rio


No reino dos automóveis clássicos vários fatores são decisivos na comprovação da originalidade de determinado automóvel, influindo em sua valorização. Um deles é a proveniência do carro, a história do local, data e quem foi o comprador original e seus proprietários subsequentes. Caso alguns destes capítulos tenha significado histórico, social ou artístico, o valor do carro pode aumentar muito, como por exemplo o Cadillac Eldorado que foi de Elvis Presley, ou o Jaguar XKSS de Steve McQueen.

No caso da minha Mercedes-Benz 280 SL 1970, acabo de adicionar a comprovação de importante capítulo de sua história, fotos de sua infância no Rio de Janeiro, em paisagem tipicamente carioca sobre a calçada desenhada em pedras portuguesas!
Obrigado ao Luis Peregrino, que me enviou a foto do carro quando foi seu, adquirido em 1988 em um elegante show room na Av. Atlantica, na época das placas amarelas com o registro WH2277, estas placas foram substituidas pelas de cor cinza a partir de 1990.
Estou buscando completar a história do carro a partir de seus antigos proprietários, até agora o que sei:
– Fernando Stickel 2008- presente
– Jose Luiz Bianchi 1998-2008
– Rudolf Wilhelm Kobig 1997-1998
– Luiz Peregrino Fernandes Vieira da Cunha 1990 – 1996
– Nelson Ezagui 1989
– Carlos Alberto da Costa 1988

A partir das informações fornecidas pelo Luis Peregrino vou continuar a pesquisa, dificultada pelos incêndios ocorridos nos DETRANs de São Paulo e Rio de Janeiro.


O carro está com garras estilo norte-americano nos para-choques…


Outra coisa interessante é verificar a evolução dos acessórios, nesta foto o carro ainda não tem o espelho retrovisor do lado direito.

é isso, por fernando stickel [ 19:56 ]

regularidade interlagos


Segunda Etapa do Campeonato Verde & Rosso de Regularidade em Interlagos.

Participei ontem, domingo 28 Fevereiro 2021 da segunda etapa do Rallye de Regularidade para automóveis clássicos em Interlagos, promovido pela Verde & Rosso do meu amigo Decio Fantozzi, em parceria com a Super Liga Desportiva de Velocidade e Le Mans Competições.
Conquistei o segundo lugar pilotando sozinho e sem cronômetro a Mercedes-Benz 280 SL 1970, debaixo de chuva torrencial, uma prova desafiadora!


Na chuva tudo muda, a pista estava muito escorregadia e foi difícil encontrar um ritmo adequado e razoavelmente seguro, além de ter que lidar com colegas de prova que insistem em não entender o significado da palavra REGULARIDADE…


Recebendo do meu amigo Wanderley Natali o troféu da Primeira Etapa.


O troféu da primeira etapa em 10 Janeiro, e da segunda em 28 Fevereiro.


No campeonato, com duas provas até agora estou empatado com o Guerreiro, tudo indica uma disputa braba!!!


Foto Sydnei Silveira

é isso, por fernando stickel [ 9:42 ]

regularidade em interlagos


Foto Original Motors, um pouco antes da chuva começar…
Primeiro Lugar na Primeira Etapa Torneio Interlagos de Regularidade!


Hoje, domingo 10/10/2021 ocorreu em Interlagos a primeira prova automobilística da nova década, com duas peculiaridades: Choveu muito forte, com o consequente encerramento da prova e houve desclassificações.

Participei do Rallye de Regularidade para automóveis clássicos em Interlagos, promovido pela Verde & Rosso do meu amigo Decio Fantozzi, em parceria com a Super Liga Desportiva de Velocidade e Le Mans Competições.

No briefing uma das regras repassadas foi o tempo mínimo de volta de 2’45”, assim como o caráter de regularidade da competição.

Um dia cinza, com previsão de chuva a partir das 14:00h. Fechei a capota de lona da minha fiel companheira Mercedes-Benz 280 SL 1970 e repassei mentalmente quais os pontos da pista onde eu deveria melhorar. Eu já sabia que o meu tempo ideal seria por volta de 3 minutos por volta, cerca de 86 km/h de velocidade média.

A largada se deu por volta das 13:20h, o céu foi escurecendo ao mesmo tempo em que eu me concentrava e incorporava as correções planejadas na pilotagem. Por volta das 13:45 os primeiros pingos de chuva e as cabines de fiscalização exibiram a bandeira listrada de amarelo e vermelho, “PISTA ESCORREGADIA”.

Logo em seguida, na curva do Pinheirinho e no Bico de Pato experimentei pela primeira vez pilotando em Interlagos uma chuva cataclísmica, não se via nada, consegui fechar as janelas do carro e segui para a Junção, onde derrapei um pouco e iniciei a subida em direção aos boxes, o limpador de parabrisa no máximo e ainda assim a visão muito difícil.

Na próxima volta, sob chuva intensa, fui me acostumando com a ideia de que para manter a média, precisaria aumentar a velocidade nas retas, e diminuir no miolo, fui me adaptando à nova realidade quando apareceu a bandeira vermelha: PROVA ENCERRADA. Foi atitude correta da direção da prova, impossível pilotar com segurança sob um diluvio.

Valeu muito a experiência de uma prova com chuva, no início com a pista escorregadia, portanto perigosa, a adaptação, a nova estratégia, etc… Foi uma experiência rápida, não mais que duas voltas, com duas bandeiras que experimentei pela primeira vez!

Logo depois do final da prova foram anunciadas as premiações e conquistei o terceiro lugar, subi ao pódio ao lado do meu amigo Wanderley Natali que conquistou o primeiro lugar!

Já em casa, 23:00h surge no grupo de WhatsApp uma observação de que a partir da análise das planilhas analíticas publicadas no site da Verde & Rosso vários carros não respeitaram o tempo mínimo de volta de 2’45”, solicitando ao Decio a revisão dos resultados.

De fato, o regulamento da prova diz o seguinte: “11.8 No briefing será definido qual o tempo limite mínimo para cada volta, e caso o participante efetue mais de 3 voltas abaixo desse limite ele será desclassificado da prova.”


Minha “Pagoda” ao lado da 450 SL do Fernando Leibel, as duas Mercedes pintadas no código 050!


O primeiro resultado divulgado.

Na análise, Decio percebeu que o computador estava regulado para 2’35″como tempo de volta mínima, gerando a confusão, feita a revisão e republicada a planilha de resultados eu galguei ao primeiro lugar!

é isso, por fernando stickel [ 23:28 ]

regularidade em interlagos


Mais uma vez com imenso prazer em Interlagos, templo do automobilismo paulistano, no Rallye de Regularidade promovido pelo Alfa Romeo Clube do Brasil, pilotando a Mercedes-Benz 280 SL 1970!


Na ocasião foi projetado documentário sobre a trajetória do mago dos motores, o Orfeu da mecânica Crispim, que acaba de completar 80 anos de idade!


Um dos motores mais bonitos da história, Alfa Romeo V6


Segundo lugar no Rallye de Regularidade, sem navegador e sem cronômetro, mantendo o mesmo tempo de volta apenas na sensibilidade!!


As fotos da Mercedes na pista são do Sandro Silveira.


Feliz com o resultado!


12 voltas com tempo dentro da margem de um segundo!

é isso, por fernando stickel [ 13:23 ]

classic car celebration


Alfa Romeo Giulia Sprint Speciale 1964
O evento Classic Car Celebration no Hotel Fazenda Dona Carolina em Bragança Paulista se realizou no fim de semana de 6 a 9 de Novembro, reunindo importantes coleções de carros clássicos de todo o Brasil, em particular de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul.


Buick 1929


No papo com os amigos!


Sandra, eu e a nossa linda Mercedes-Benz 280 SL 1970!


A Corvette e os patos!

é isso, por fernando stickel [ 9:18 ]

mercedes na pracinha


Passeando com a Mercedes-Benz 280 SL na Pracinha da Vila Nova Conceição.

é isso, por fernando stickel [ 11:57 ]