aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

arte

getúlio

getulio
Faz tempo que não comento os filmes que vi aqui no blog, mas “Getúlio” precisa ser comentado.
O filme é muito bom. Eu não diria excelente, para chegar a isso faltam algumas coisinhas.
Tony Ramos está magistral no papel do ditador/presidente, e todos os outros atores/atrizes preenchem com maestria seus papéis.
Produção e figurinos impecáveis, luz, fotografia, som, tudo excelente.
Para que o filme entrasse na categoria excelente, senti falta de um pouco do Rio de Janeiro da época, algumas cenas externas daqueles glamurosos anos 50 na Capital da República.
Vale assistir!

Eu não conhecia nenhum trabalho do diretor João Jardim, fui ver algumas coisas rápidas na internet, e gostei!

é isso, por fernando stickel [ 17:10 ]

claudio willer e paranóia

willer
Claudio Willer fala sobre o poeta Roberto Piva (1937-2010) e seu livro Paranóia de 1963, fotografado e desenhado por Wesley Duke Lee e editado por Massao Ohno. De quebra falou sobre vários outros personagens, como Sergio Lima e Regastein Rocha da gráfica Raizes.

Esta foi uma das palestras do III Encontro Pensamento e Reflexão na Fotografia reralizado pelo Museu da Imagem e do Som – MIS e Estúdio Madalena, coordenado por Iatã Cannabrava e com curadoria de Ronaldo Entler e Rubens Fernandes Junior, ambos do blog Icônica.

Stéphane Mallarmé (1842-1898) afirmou que tudo no mundo existe para terminar num livro. Mais tarde, Susan Sontag (1933-2004) afirmou que tudo que existe no mundo existe para terminar numa fotografia. Diante destas poderosas afirmações, os curadores idealizaram um tema que incorporasse ambas as proposições:

Tudo no mundo existe para terminar num livro de fotografia.

Consegui assistir a várias palestras nos três dias de duração do Encontro, encontrei vários amigos e com certeza ampliei muito minha visão sobre o assunto. Valeu!! Participar do curso “Ponto Convergente” promovido pelo Madalena Centro de Estudos da Imagem tem operado a mágica de me levar a novas áreas e sabedorias!

é isso, por fernando stickel [ 18:25 ]

galeria garage

garagedia 11
Participarei da exposição coletiva de inauguração da nova GALERIA GARAGE. Um grupo de 11 amigos artistas foi convidado pela curadora Rosely Nakagawa, são eles:

Arnaldo Pappalardo
Feres Khoury
Fernando Stickel
Guto Lacaz
Jacqueline Aronis
Kenji Ota
Lela Severino
Leonardo Crescenti
Luise Weiss
Miriam Mirna Korolkovas
Rubens Matuck

SAVE THE DATE: Abertura na quarta-feira, 11 Junho das 19h às 23h

R. Miguel Rodrigues 88 – Vila Madalena
05447-060 São Paulo
11 3816-2424
contato@galeriagarage.com.br

O prédio original da nova galeria era o galpão de uma oficina mecânica, primorosamente reformado para abrigar uma galeria de primeiro mundo. Vou mostrar na exposição duas fotos inéditas, homenageando a “herança mecânica” da galeria.

garag

garage3
No prédio da direita a galeria própriamente dita, no da esquerda espaços para cursos e workshops.

é isso, por fernando stickel [ 9:38 ]

godzilla

gojira
Veja aqui desenhos anatômicos de vários monstros, incluindo Godzilla. Muito interessante!
Aliás, gostei do filme Godzilla (Gojira)

é isso, por fernando stickel [ 9:17 ]

alec soth fotógrafo

soth1
Conheci a Fraenkel Gallery por acaso. Passeando em San Francisco CA em 2003, Sandra e eu tropeçamos na galeria e entramos.
Sofisticada, organizadíssima, cheia de tesouros, me apaixonei imediatamente e quase cometi a loucura de comprar uma colagem de Joseph Cornell (deveria ter comprado…)
Deixei meu e-mail e desde então recebo as newsletters. Na última fiquei conhecendo o trabalho do fotógrafo Alec Soth, que amei!

soth2

é isso, por fernando stickel [ 19:09 ]

ponto convergente?

bussola
Seria este o PONTO CONVERGENTE?

é isso, por fernando stickel [ 19:13 ]

arquiteta sandra pierzchalski

mattei 1
Minha mulher Sandra Pierzchalski acaba de entregar uma obra de reforma cujo resultado ficou simplesmente excelente!
Arquiteta competente, detalhista, sofisticada, Sandra persegue a perfeição com garra e perseverança, como se a casa entregue à cliente fosse dela mesma!
E tudo isso eu digo por experiência própria, eu mesmo já fui cliente da patroa. Cliente satisfeito, muito satisfeito!

mattei 2
Visão noturna da sala, no dia da mudança. Em breve faremos mais fotos, com a casa totalmente arrumada.

é isso, por fernando stickel [ 14:02 ]

masao yamamoto

masao
Agnaldo Farias em excelente palestra sobre o fotógrafo Masao Yamamoto, no Madalena CEI, parte do curso “Ponto Convergente”.
As fotografias do artista estarão expostas na recém inaugurada galeria Marcelo Guarnieri, situada na Al. Lorena 1966, até o próximo sábado.
Eu fui à galeria visitar a exposição, e o que aconteceu foi um anticlimax, pois a palestra do Agnaldo tinha sido tão bem estruturada para mostrar m detalhe o trabalho deste magnífico fotógrafo, que a visão ao vivo de suas minúsculas fotos foi decepcionante.
Agora, para quem não esteve na palestra do Agnaldo, a visita à galeria será uma experiência única!

é isso, por fernando stickel [ 8:48 ]

abaporu de tarsila

aba
Eu convivi com o Abaporu durante mais de duas décadas! Leia a história aqui.

é isso, por fernando stickel [ 13:31 ]

maio fotografia no mis 2014

anne2
A curadora de fotografia Anne Tucker em palestra no MIS, sobre a exposição WAR / PHOTOGRAPHY: Images of Armed Conflict and Its Aftermath no Museum of Fine Arts Houston.
Como é bom ouvir um profissional preparado falar sobre aquilo que entende, com clareza e objetividade.

Parabéns ao Museu da Imagem e do Som e ao Andre Sturm, diretor e curador pelas várias exposições e palestras que inauguraram o Programa Maio Fotografia no MIS 2014. As exposições estão impecáveis, os catálogos idem, o astral altíssimo, enfim, um museu de PRIMEIRO MUNDO, com direito a feirinha gastronômica!!!

mismaio

Participar do curso “Ponto Convergente” promovido pelo Madalena Centro de Estudos da Imagem tem operado a mágica de me levar a novas áreas e sabedorias!

é isso, por fernando stickel [ 10:20 ]

natação

nata
Vejo esta cena várias vezes por semana.
A natação faz parte da minha vida, com ou sem dores, em maior ou menor ritmo, com frio ou com sol. Com zero impacto no corpo e alto impacto na qualidade de vida

brice
Vou nadando e pensando nos artistas que já se inspiraram nestas maravilhosas linhas dançantes, como por exemplo:
Brice Marden, Chinese Dancing, 1994-96. Oil on canvas, 60 x 108.

hockney
ou ainda David Hockney Picture of a Hollywood Swimming Pool, 1964

é isso, por fernando stickel [ 15:27 ]

ponto convergente

ponto
Partiu!!!!
Voltei para a escola!!
Quase que a comemorar a minha recuperação do acidente, iniciei ontem o curso Ponto Convergente no Madalena Centro de Estudos da Imagem.
As primeiras aulas serão do Iatã Cannabrava, e depois teremos Claudi Carreras, Claudia Jaguaribe, Clicio Barroso e outros. Somos um grupo de 14 alunos, bem heterogeneo, e ficaremos juntos por seis meses, acho que será interessantíssimo!
A idéia é que cada um desenvolva um percurso criativo na fotografia.

é isso, por fernando stickel [ 15:46 ]

rosely nakagawa: moka/shikoku

moka
Minha amiga Rosely Nakagawa abre exposição individual no próximo sábado, veja aqui interessantíssimo documentário de Sandro Kakabadze sobre seu trabalho.

MOKA / SHIKOKU
Rosely Nakagawa

Abertura da exposição 26 Abril, sábado às 11:00h

Atelier Bricoleur
R. Zequinha de Abreu 105 – Pacaembu tel 3872-5003

Veja aqui mais informações sobre a exposição.

rosely

é isso, por fernando stickel [ 13:40 ]

volpi no lixo?

volpi2
Por que será que este Volpi foi descartado?

Minha rotina diária inclui caminhada de casa ao escritório, na qual passo pela Praça Edgar Hermelino Leite, na esquina da Av. Santo Amaro com a Helio Pellegrino.
Hoje encontrei jogada na praça esta gravura/reprodução do Volpi, verdadeira ou falsa, assinada ou não, não me dei ao trabalho de verificar.

Curioso, não?!

volpi 3
Em tempo: Com a pulga atrás da orelha, voltei à praça para verificar o que de fato era o Volpi jogado fora, nada mais que uma reprodução impressa em offset, uma página arrancada de um livro ou calendário.
Identifiquei imediatamente a obra pelo Google:
Fachada das Bandeiras Brancas, déc. 1950.
Óleo sobre tela, 155 x 102 cm. Coleção Particular

Ainda assim me pergunto como que alguém se dá ao direito de arremessar uma moldura com vidro, que se estilhaçou, em uma praça pública. E com uma reprodução de valor monetário nulo, mas inegável valor artístico e cultural.

é isso, por fernando stickel [ 13:54 ]

energia

energy

é isso, por fernando stickel [ 14:40 ]

são paulo no carnaval

São Paulo no Carnaval

gilda no estudio peq
Visita à artista plástica Gilda Vogt em seu estúdio.

praia paulistana
No parque do Ibirapuera, a praia do paulistano…

galo
Visita ao galo (não o da madrugada…)

carrera no feriadopeq
Clube vazio, ambiente perfeito para o Porsche 911 Carrera 1975.

ferraria
Meia-noite, ferraria da Sociedade Hípica Paulista dorme…

piscina fer
Outra praia paulistana…

baile
Baile…

fim de baile
… e fim de baile…

é isso, por fernando stickel [ 8:55 ]

stickel na hoc die design

São Paulo é cheia de belezas e charmes escondidos, este é um deles:

hoc1

Na R. Peixoto Gomide 1887, entre a Barão de Capanema e a Oscar Freire situa-se a simpaticíssima loja HocDie Design, Tel (11)3088 6141 hocdiedesign@uol.com.br

hoc2

Em frente à loja uma das árvores mais bonitas dos Jardins! Embaixo da árvore, na calçada, os proprietários Patricia Fernandes e Nelson Schiesari colocam um banco, onde os clientes são convidados a se sentarem, são fotografados e passam a fazer parte da coleção Hoc Die no Instagram.

A loja tem também uma página no Facebook.

hoc3

O mais interessante é que fui convidado a colocar algumas fotos da minha série “Vila Olímpia” na loja, e elas estão à venda!! Veja as fotos no Flickr.

é isso, por fernando stickel [ 17:58 ]

cidade invertida

invertida
Fui aluno convidado no projeto “Cidade Invertida” do fotógrafo e professor Ricardo Hantzschel, no último sábado. O trailer estava estacionado em frente ao SESC Consolação.

Uma câmara escura dentro de um trailer, uma única abertura na lateral do trailer, eis os ingredientes físicos do projeto.

“Cidade Invertida” é um grupo formado por fotógrafos, educadores e artistas que elabora projetos culturais relacionados à Fotografia a fim de tornar a fotografia uma ferramenta propulsora de cultura. Para o desenvolvimento de suas atividades conta com um trailer que opera como laboratório fotográfico, imprimindo ao projeto um caráter itinerante. Com cerca de 15000 Km percorridos desde 2006, o projeto recebeu prêmios e incentivos estaduais e federais que lhe possibilitaram expandir suas pesquisas e áreas de atuação.

O projeto é maravilhoso pelo seu potencial didático. É impossível não entender a fotografia depois de passar pela experiência dentro da câmara escura.

é isso, por fernando stickel [ 7:49 ]