aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

família

escalei a pedra do baú

Em 1956, quando escalei a Pedra do Baú pela primeira vez, com 7 anos, lembro-me perfeitamente da casa que existia lá em cima, construída pelo meu tio, Luis Dumont Villares, com a ajuda do meu pai.
A casa era completa, com portas, janelas, vários triliches de lona, lareira, mesa, cadeiras, um livro onde os visitantes deixavam suas impressões, enfim, algo extremamente bem feito e civilizado, o telhado era inteiro de cobre, um enorme para-raio, havia inclusive captação de água da chuva.
A noite foi fria e emocionante. Sair para mijar no vento gelado exigia altas doses de técnica, que eu evidentemente não tinha.
Na manhã seguinte descemos pela face Norte e seguimos vale abaixo até o Acampamento Paiol Grande, idealizado em 1946 por Luis Dumont Villares, Job Lane, Erico Stickel, Alfredo Velloso e Otavio Lotufo.

Poucos anos depois já estava tudo vandalizado, a casa foi inteiramente destruida.

é isso, por fernando stickel [ 20:26 ]

não perder mais tempo

Desde o dia em que decidi não perder mais tempo, estou numa arrumação danada.
Através dos anos foram tantas idas e vindas, tantas mudanças, tanta coisarada acumulada que agora é a hora de arrumar de vez.
Aí encontro algumas preciosidades, como eu abraçado ao meu pai, num raríssimo e reconfortante momento, na praia de São Vicente, por volta de 1950.

é isso, por fernando stickel [ 18:06 ]

excursão ao arquipélago

Excursão ao Arquipélago dos Alcatrazes, Julho 1936.
Pelo bilhete, que deve ser de autoria da minha avó, Erna Stickel, meu pai Erico deve estar ai neste barco, com 16 anos.

PAPA
ERICH
Dr. VICTOR LUIZ
Sr. BERVELLEIRE
Sr. GALLO
Cap. BERTINI

é isso, por fernando stickel [ 13:58 ]

pescaria no rio tietê

Meu avô Arthur Stickel em pescaria no Rio Tietê, cerca de 1935.

é isso, por fernando stickel [ 10:07 ]

as primas

Almoço de dia das mães.
As primas Joana Chamma e Fernanda Stickel.

é isso, por fernando stickel [ 19:11 ]

presente de bodas

Este é um dos desenhos mais antigos que me lembro ter feito, devia ter 16 ou 17 anos.
Dei de presente para os meus pais nas bodas de prata, em 1976.

é isso, por fernando stickel [ 17:35 ]

existe coisa mais gostosa?

Existe coisa mais gostosa do que isso? Eu e o Arthur na banheira!!!

é isso, por fernando stickel [ 10:24 ]

quarta-feira é o dia de jantar

Quarta-feira é o rotineiro e esperado dia de jantar com meu filho Arthur no restaurante japonês, quase sempre no Nagayama.
Depois ele vê um pouco de TV e dorme como um anjo. Delícia total.
Logo cedo levo ele para a escola.

é isso, por fernando stickel [ 17:48 ]

arthur e andré

Arthur e André, a mil por hora logo cedo.

é isso, por fernando stickel [ 11:02 ]

erico stickel, 83 anos

Erico Stickel, 83 anos completados hoje, com todas as mulheres da família!

é isso, por fernando stickel [ 17:18 ]

feliz aniversário, papai!

Feliz Aniversário, Papai!
Logo cedo fiz uma pequena cirurgia no lado interno esquerdo do lábio inferior, nada grave, mas como tenho pânico de dentista estou até agora meio abalado, com um pano cheio de gelo aplicado na boca, e é assim que vou almoçar com meu pai, que completa hoje 83 anos!
Grande Erico João Siriuba Stickel!

é isso, por fernando stickel [ 11:57 ]

praia do curral

Ilhabela, Praia do Curral, por volta de 1984. Da esquerda para a direita, Fernanda Stickel, Antonio Stickel, Maria Prata.

é isso, por fernando stickel [ 9:35 ]

almocei com a sandra

Almocei com a minha lebre no quilo da esquina, a R$ 10,00 cada. Honesto. Em seguida um bom espresso acompanhado de um Partagas D4. Pronto. Meia hora no sofá e estou pronto para trabalhar.

é isso, por fernando stickel [ 17:31 ]

80 anos do meu pai

Fiz este desenho comemorando os 80 anos do meu pai, Erico João Siriuba Stickel em 3 Abril 2000.

é isso, por fernando stickel [ 14:29 ]

rural willys

Sonhei com uma Rural Willys “saia e blusa” vermelha e branco novinha em folha.
Eu guiava numa saída de escola ou aglomeração semelhante. Ofereci uma carona aos meus pais, e minha mãe foi incapaz de entender ou aceitar a oferta. Conversei com ela e expliquei que o problema não era imenso, era apenas aceitar ou não a carona.

é isso, por fernando stickel [ 12:29 ]

vô e vó

Meu vô e minha vó, por parte de mãe, Ernesto e Maria Elisa Diederichsen.

é isso, por fernando stickel [ 0:54 ]

amigos na r. dos franceses


Na R. dos Franceses, minhas irmãs Sylvia e Ana Maria, Luiz Paoliello e Tina Alcantara Machado.

é isso, por fernando stickel [ 12:35 ]

papai teve alta hoje

Papai teve alta hoje e já está em casa, feliz da vida!

é isso, por fernando stickel [ 22:06 ]