aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

3º setor

bonga no tendal da lapa

quebrada
A Fundação Stickel abre inscrições para a oficina de grafitti “Quebrada em Cores” com Bonga no Tendal da Lapa.

Todas as quintas-feiras, de 14/8 a 18/9/2014, das 14 às 17h. Idade mínima 14 anos. São 20 vagas, corre lá!

Inscrições pelo site da Fundação Stickel ou no próprio Tendal, R. Constança 72 tel 3862-1837

é isso, por fernando stickel [ 13:45 ]

eduardo longo no tendal da lapa

banner eduardo longo
O que você faz com o seu lixo reciclável? Quantas pessoas cabem em um ônibus? Qual é o cômodo mais importante de uma casa? 

Questões como estas serão debatidas na Oficina “Viver o Espaço com Eduardo Longo”, que a Fundação Stickel, em parceria com o Espaço Cultural Tendal da Lapa, oferece à comunidade a partir de agosto. Ministrada pelo visionário arquiteto Eduardo Longo, que nos anos 70 colocou abaixo sua casa e a transformou, literalmente, em uma bola, a oficina apresenta conceitos básicos da arquitetura, soluções criativas para o aproveitamento do espaço e confecção de maquetes e desenhos com material reciclável. 

Os encontros são destinados às pessoas que tenham disponibilidade de horário aos sábados, das 10h às 12h. A oficina ocorrerá no Tendal da Lapa, de 23 de agosto a 29 de novembro de 2014. Estão programadas visitas a equipamentos públicos e à casa do arquiteto, custeadas integralmente pela Fundação Stickel. 

As inscrições poderão ser feitas pelo site da Fundação Stickel ou presencialmente no Tendal da Lapa (Rua Constança, 72). Para mais informações, ligue: 3862-1837 ou 3083-2811. 

O que: Oficina “Viver o Espaço com Eduardo Longo”
Quando: De 23 de agosto a 29 de novembro de 2014
Horário: Todos os sábados, das 10h às 12h (horário estendido nos dias de visita externa)
Onde: Tendal da Lapa – Rua Constança 72
Inscrições: De 21 de julho a 16 de agosto pelo site da Fundação Stickel ou no próprio Tendal

é isso, por fernando stickel [ 15:00 ]

mudanças

atelier5
Oito anos atrás, em Maio 2006 esta era a visão do meu estúdio na R. Nova Cidade, Vila Olímpia.

Retrato de momento de transição entre uma carreira de trinta anos nas artes plásticas e a nova atividade no Terceiro Setor, como Diretor Presidente da Fundação Stickel.

Três desenhos encostados em uma estante metálica branca são provavelmente os últimos trabalhos de alunos do meu curso de desenho de observação.
Iniciado em 1986, encerrei o curso neste ano por conta das novas exigências da Fundação.

Tudo muda.

Muitas das coisas nesta foto foram simplesmente descartadas, em um processo complexo e doloroso, porém necessário.

Este mesmo estúdio, após uma reforma, é hoje o escritório da Fundação Stickel.

E o meu trabalho nas artes renasce a partir de imagens contidas em um computador…

é isso, por fernando stickel [ 9:52 ]

câmara escura no capão redondo

c3
A Fundação Stickel levou a Câmara Escura para a Fábrica de Cultura do Capão Redondo, no período de 20/5 a 8/6/2014, neste período recebeu 1.900 visitas.

Concebida pelo fotógrafo Arnaldo Pappalardo em parceria com a Fundação Stickel, a Câmara foi o grande destaque da exposição Tavoletta, que Pappalardo exibiu recentemente no Museu da Casa Brasileira.

De formato circular com 4 metros de diâmetro, a Câmara faz com que os visitantes se sintam dentro de uma máquina fotográfica, evidenciando os fundamentos físicos e matemáticos da fotografia, permitindo que se observem imagens do mundo exterior. Três grandes espelhos são posicionados ao redor dela, refletindo as imagens que se formam dentro da câmara pela entrada de luz através de seis pequenos orifícios nas paredes da instalação: três nas laterais e três no teto.

Colocados a diferentes distâncias dos furos, os espelhos fazem distintos recortes na paisagem, proporcionando diferentes relações de escala e composição aos observadores. A principal intenção é possibilitar o entendimento de como se formam as imagens dentro das câmaras fotográficas, com as quais convivemos cotidianamente, mas sobre as quais pouco sabemos.

c1

c2

é isso, por fernando stickel [ 16:42 ]

Exposição na Fábrica de Cultura

olharv1
No último sábado, 31 Maio, inauguramos a exposição das fotos dos alunos do curso de Arnaldo Pappalardo e Lucas Cruz, promovido pela Fundação Stickel na Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha, com apoio da POIESIS e da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo.

olharv2

olharv3
Este é o quinto ano seguido em que expomos os resultados do curso, a cada ano fica melhor!    

turma
A equipe toda!     

é isso, por fernando stickel [ 17:10 ]

alunos de arnaldo pappalardo

sentado
Foto: Lucas Borges

Fundação Stickel e Fábrica de Cultura Vila Nova Cachoeirinha convidam para a abertura da exposição
 
Um Olhar sobre a Cachoeirinha 2013
 
Fotos dos alunos do curso de Arnaldo Pappalardo e Lucas Cruz 

Abertura: Sábado, 31 de maio 2014 das 12h30 às 16h
  
FÁBRICA DE CULTURA VILA NOVA CACHOEIRINHA 
Rua Franklin do Amaral 1575  São Paulo

ENTRADA GRATUITA 
Exposição de 31 de maio a 25 de agosto 2014
Horário de visitação: terça a sexta, das 9h às 17h; sábado e domingo das 12h às 17h
Contato: 11 2233-9270, ramal 227, com Gláucia / glaucia@fundacaostickel.org.br
Patrocínio: Fundação Stickel 

Apoio: POIESIS – Fábricas de Cultura – Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo

Este é o quinto ano seguido em que expomos os resultados do curso, a cada ano fica melhor!                                              

é isso, por fernando stickel [ 15:32 ]

fundação stickel se associa ao gife

gife2
A Fundação Stickel foi aceita hoje como associada do GIFE.
Recebi a notícia com muita alegria e orgulho, uma vez que este fato marca mais um degrau conquistado na evolução da instituição.
Sob meu comando desde 2004, a Fundação Stickel vem se aprimorando em todos os aspectos, operacionais, estratégicos e de governança, sempre perseguindo as melhores práticas para o Terceiro Setor.

Sobre o GIFE (Grupo de Institutos Fundações e Empresas):

O GIFE é uma organização sem fins lucrativos que reúne associados de origem empresarial, familiar, independente ou comunitária, que investem em projetos de finalidade pública.Nascido como grupo informal em 1989, foi instituído como Grupo de Institutos Fundações e Empresas em 1995 por 25 organizações. Desde então, tornou-se uma referência no Brasil sobre investimento social privado e vem contribuindo para o desenvolvimento de organizações similares em outros países.
Rede GIFE
A Rede GIFE é marcada pela diversidade de seus investidores e reúne hoje 130 associados que, somados, investem por volta de R$ 2,4 bilhões por ano na área social, operando projetos próprios ou viabilizando os de terceiros.
Qual a nossa forma de atuação:
PROMOVEMOS uma rede de relacionamento diferenciada, com espaços para articulação, diálogo e troca de experiências entre os associados.
DIFUNDIMOS conhecimento, ferramentas, informação e as melhores práticas para o bom desenvolvimento institucional das organizações.
APRIMORAMOS o investimento social por meio de troca de experiências e pela construção de referências para a atuação de investidores.
REPRESENTAMOS o setor perante o governo e outras redes e associações, acompanhando e influindo no ambiente regulatório do Terceiro Setor.Para isso, realizamos cursos, congressos, eventos e reuniões com o objetivo de debater e refletir sobre as grandes questões do campo social.
Também produzimos pesquisas, artigos e publicações contribuindo, assim, para a promoção do desenvolvimento sustentável do Brasil, por meio do fortalecimento político-institucional e do apoio à atuação estratégica dos investidores sociais privados.

é isso, por fernando stickel [ 17:26 ]

cidade invertida

invertida
Fui aluno convidado no projeto “Cidade Invertida” do fotógrafo e professor Ricardo Hantzschel, no último sábado. O trailer estava estacionado em frente ao SESC Consolação.

Uma câmara escura dentro de um trailer, uma única abertura na lateral do trailer, eis os ingredientes físicos do projeto.

“Cidade Invertida” é um grupo formado por fotógrafos, educadores e artistas que elabora projetos culturais relacionados à Fotografia a fim de tornar a fotografia uma ferramenta propulsora de cultura. Para o desenvolvimento de suas atividades conta com um trailer que opera como laboratório fotográfico, imprimindo ao projeto um caráter itinerante. Com cerca de 15000 Km percorridos desde 2006, o projeto recebeu prêmios e incentivos estaduais e federais que lhe possibilitaram expandir suas pesquisas e áreas de atuação.

O projeto é maravilhoso pelo seu potencial didático. É impossível não entender a fotografia depois de passar pela experiência dentro da câmara escura.

é isso, por fernando stickel [ 7:49 ]

brasilândia no madalena cei

original_brasilandia_final
Fundação Stickel em parceria com o Madalena Centro de Estudos da Imagem convida para a abertura da exposição coletiva de fotografias “Brasilândia”, participando da 5ª Mostra SP de Fotografia, homenagem a São Paulo em seu aniversário.

Data abertura: 25 de janeiro, sábado, às 16:00h
Período: 25/1 a 10/3/2014
Local: Madalena Workshops Centro de Estudos da Imagem
Endereço: R. Faisão 75 – Vila Madalena, São Paulo Tel: 11 3473-5410

A Fundação, através de seu colaborador, o fotógrafo Arnaldo Pappalardo e seu assistente Lucas Cruz, realizou nos últimos quatro anos o curso de fotografia “Um olhar sobre a Brasilândia”, destinado a moradores deste distrito da Zona Norte da cidade. O registro impresso destas experiências visuais cria um legado histórico e cultural universal, que interessa aos moradores do bairro e à cidade de São Paulo, proporcionando também aos participantes o registro físico e emocional da valorização de seu trabalho.

A Mostra SP de Fotografia é um projeto fotográfico anual de ocupação da Vila Madalena. A cada aniversário da cidade, a ideia é curar e expor trabalhos de diversos fotógrafos, de diversas áreas, em restaurantes, bares, espaços culturais, escritórios, lojas, salões e galerias do bairro.

é isso, por fernando stickel [ 16:43 ]

almoço fim de ano

madonnina
Conseguimos reunir parte da equipe da Fundação Stickel no almoço de fim de ano do dia 19/12/2013, no Madonnina by Ravioli, da esq para a direita, Vera Martins, Roberta, Glaucia, Miriam, eu, Sandra, Marco e Sidney.

é isso, por fernando stickel [ 16:35 ]

fundação stickel em dia com a lei

auto r
Todos os anos, no dia 30 Junho, as fundações devem entregar, por força de lei, um minucioso relatório ao Ministério Público Estadual denominado Sistema de Cadastro e Prestação de Contas – SICAP. Este relatório é analisado, por vezes algumas informações adicionais ou esclarecimentos são solicitados, e por fim é emitido o Atestado de Regularidade e Aprovação de Contas.

Não custa lembrar que a Fundação Stickel foi instituida em 1954, estamos portanto na beiradinha de completar 60 anos!

Não custa lembrar ainda que não é fácil manter uma instituição do Terceiro Setor 100% dentro da lei, como é o nosso caso, aliás, isto é válido para qualquer um hoje em dia, pessoa física ou jurídica, as exigências legais e a burocracia aumentam a cada ano!!!

Finalmente cabe mencionar que o Dr. Airton Grazzioli, Promotor e Curador de Fundações, tem sido um parceiro extremamente solidário, prestativo e correto, batalhando junto com as instituições paulistas do Terceiro Setor para a obtenção de melhores condições de operação.

é isso, por fernando stickel [ 14:46 ]

documentário investimento social privado

IDIS Lança Documentário Sobre Investimento Social Privado

No dia 05 Dezembro 2013, quinta-feira, acontece no Itaú Cultural, em São Paulo, o lançamento do documentário “Investimento Social Privado – O Presente é o Futuro”.
A produção conta com a participação rica e mobilizadora de 14 figuras emblemáticas do setor filantrópico no Brasil e busca estimular a ampliação e consolidação do investimento social privado no País.
Com direção do jornalista Albino Castro, que tem passagens pela TV Cultura, SBT, TV Gazeta, jornal O Globo e revista Veja, o documentário tem duração de 33 minutos e contou com o patrocínio da Alupar, Cemig e Lojas Renner, através da Lei de Incentivo à Cultura. A Fundação José de Paiva Netto colaborou com a produção e captura de imagens.
Como a ideia é ajudar a divulgar a relevância do investimento social privado brasileiro, a distribuição será ampla. “Além de estar gratuitamente disponível na internet, serão distribuídas no mínimo 500 cópias para organizações, bibliotecas e escolas de todo o País”, diz João Paulo Vergueiro, gerente de comunicação do IDIS.
Interessados em realizar o lançamento do documentário do IDIS em sua cidade, podem entrar em contato conosco pelo e-mail comunicacao@idis.org.br

Fernando Stickel é uma das “14 figuras emblemáticas do setor filantrópico no Brasil”

é isso, por fernando stickel [ 18:33 ]

livro eduardo longo

Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura, Museu da Casa Brasileira, Fundação Stickel e Paralaxe Editora, convidam para o lançamento do livro

“Sobre bolas e outros projetos – Eduardo Longo arquiteto”

Sexta-feira, 8 Novembro às 19:30
Museu da Casa Brasileira
Av. Brig. Faria Lima 2705, São Paulo

convite eduardo1
ESPAÇO

– O espaço feito pelo homem, seu conceito, qualidade, funcionalidade e beleza.
– O preço e o valor do espaço, seu design e originalidade, sua capacidade de encantar e transmitir uma mensagem.
– O espaço depurado.

O espaço essencial.

Todas estas questões que estão – deveriam estar… – presentes na vida e na obra dos arquitetos se tornam particularmente significativas para Eduardo Longo, que se dedicou à busca do mínimo espaço essencial, pesquisa que instrumentou a construção da “Casa Bola” na Rua Amauri.
Bola essa que ajudei fisicamente a construir, conhecendo e admirando durante o breve período em que lá trabalhei.

– Liberdade de quebrar paradigmas;
– Coragem de se despir do supérfluo e de se utilizar como “cobaia’ para os experimentos de espaço mínimo;
– Destreza manual, pondo diariamente em prática pequenas invenções, necessárias à consecução da “Casa Bola”, espaço em que nada é padrão e tudo tem que ser criado, portas dobradiças, encanamentos, luminárias, tudo foi reinventado.
– Alto senso estético, capacidade de surpreender.

Tenho certeza de que todo este cabedal de conhecimento do arquiteto Eduardo Longo será partilhado com sucesso nas comunidades carentes em que a Fundação Stickel atua, pois o patrocínio que esta publicação recebeu se converterá, por meio do “Projeto Contrapartida”, em uma oficina de convivência orientada pelo arquiteto. Esta oficina será destinada aos moradores do entorno das Fábricas de Cultura, programa da Secretaria de Estado da Cultura do Governo de São Paulo, parceira da Fundação Stickel no desenvolvimento de suas atividades.

Fernando Stickel
Diretor Presidente
Fundação Stickel

livro el
O livro ficou lindo!!
Texto de Heitor Serapião
Fotos de José Moscardi, Leonardo Finotti e Luiz Calazans
Ilustrações de Neco Stickel, Vallandro Keating, Fuller Archives e Eduardo Longo

Agradecimentos a Bruno Guedes, Eduardo Longo, Fernando Stickel, George Longo e Thiago Calazans

é isso, por fernando stickel [ 17:22 ]

2º encontro de investidores sociais

2 forum 2
Em primeiro plano, Marcos Kisil, o idealizador do evento.

2 forum
Participei ontem do II Fórum Brasileiro de Filantropos e Investidores Sociais, promovido pelo Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social (IDIS), em parceria com o Global Philantropy Forum (GPF).
Pelo segundo ano consecutivo o evento foi muito bem organizado, com boas palestras, entre elas do alemão Peter Eigen, Presidente do Conselho Consultivo da Transparency International, casado com Gesine Schwan (na foto acima), também palestrante no encontro, e que foi por duas vezes candidata social-democrata à presidência da Alemanha, 2004 and 2009.

é isso, por fernando stickel [ 7:23 ]

aniversário na fundação stickel

niver
As comemorações do meu aniversário avançam! Ganhei DOIS bolos dos meus colaboradores na Fundação Stickel, um melhor que o outro… Laranja e chocolate…
Obrigado, adorei!!!!!
Na foto, sentados da esq. para a direita, Marco, eu e Adriana, de pé, Rubia, Glaucia, Miriam, Angelita e Sidney. Para completar a equipe ficou faltando a Roberta.

é isso, por fernando stickel [ 15:59 ]

vera martins na fábrica de cultura

verafabrica
A artista plástica Vera Martins, em colaboração com a Fundação Stickel e a Fábrica de Cultura da Vila Nova Cachoeirinha, exporá o trabalho elaborado em oficina de convivência artística.

é isso, por fernando stickel [ 17:21 ]

captação de recursos

idis
A Fundação Stickel contratou no início de 2013 o IDIS – Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social para realizar Estudo de Viabilidade para a Captação de Recursos.

Por que?

Para avaliar se seus projetos tem a capacidade de motivar possíveis investidores sociais, pessoas físicas ou jurídicas a se tornarem parceiros, propiciando, através do aporte de recursos, a ampliação de suas atividades e projetos.

A consultoria do IDIS se desenvolveu em três etapas:

– Análise interna e preparação do CASO da Campanha.
– Estudo de viabilidade – Entrevistas com 10 pessoas.
– Planejamento da Campanha.

O longo e interessantíssimo processo, terminou hoje, com uma Oficina de Planejamento de Campanha, onde Sandra Pierzchalski, conselheira, Rubia Formaggi e Silva, assessora de relações institucionais e eu, sob a orientação de Marcia Woods e Rodrigo Alvarez do IDIS participamos de um workshop para definir os rumos da Fundação na captação de recursos.

Mais novidades em breve!!

é isso, por fernando stickel [ 18:11 ]

arnaldo pappalardo faz visita guiada

a1
No Museu da Casa Brasileira, o fotógrafo Arnaldo Pappalardo realiza visita guiada à sua exposição “Tavoletta” com seus alunos do curso “Um olhar sobre a Cachoeirinha” promovido pela Fundação Stickel na Fábrica de Cultura da Vila Nova Cachoeirinha.

a3
Da esq. para a direita, Rubens Morais, superintendente da Fábrica de Cultura da Vila Nova Cachoeirinha, onde se realiza o curso, Arnaldo Pappalardo, Rubia Formaggi e Silva, assessora de relações institucionais da Fundação Stickel, e Lucas Cruz, assistente do Arnaldo.

a2
A Câmara Escura, patrocinada pela Fundação Stickel, continuará ativa no jardim do Museu da Casa Brasileira até o final da mostra da Bienal de Arquitetura em Novembro 2013, após o que realizará itinerância por outros equipamentos culturais.

é isso, por fernando stickel [ 11:19 ]