aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘vila olímpia’

vê cada uma…

A gente vê cada uma…
Tomando café na padaria da esquina, ao meu lado de pé no balcão um cara de pelo menos 120 kg.
Pede uma calabreza com queijo, ao chegar o sanduiche ele o abre e começa a catar e retirar as gordurinhas com a ponta do garfo, após a limpeza ele manda tudo com uma cocacola. Saúde é isso!

é isso, por fernando stickel [ 19:13 ]

visita da sylvia ficher


Em 1988 a minha amiga Silvia Ficher veio me visitar na minha casa / estúdio da Rua Ribeirão Claro, Vila Olímpia.
Quase em frente à minha casa, na esquina da R. Ribeirão Claro com a Av. Helio Pellegrino moram até hoje duas irmãs meio esquisitas, que se vestiam quase iguais. A Silvia parou o carro em frente à casa delas, e ao sair encontrou este bilhete no parabrisa do carro. Não sei bem porque guardei-o até hoje…

é isso, por fernando stickel [ 14:35 ]

hora do lanche

Hora do lanche na padaria da esquina da Nova Cidade com Casa do Ator, Antonio, Arthur e Karina com a boca cheia de pão de queijo.

é isso, por fernando stickel [ 19:11 ]

minha querida vila olímpia

Mais um capítulo da tragédia “BRASILEIRO ODEIA ÁRVORE”

Na minha querida Vila Olímpia, Praça Edgar Ermelino Leite, na esquina da Av. Santo Amaro com Helio Pellegrino.
A Prefeitura adotou nesta praça um procedimento paisagístico peculiar:
-Cortou quatro seringueiras.
-Deixou os tocos como prova do crime, tentou cobrir um deles, sem sucesso, com grama.
-Procura manter a praça imunda.
-Procura não consertar muretas, buracos no piso, etc…
Isso sem falar nas “palmeiras imperiais” ao longo da Av. Helio Pellegrino, que morrem uma após a outra…

é isso, por fernando stickel [ 12:45 ]

mau-gosto sem limites

O mau-gosto não conhece limites.
Em plena Av. Helio Pellegrino, esquina da R. Nova Cidade na Vila Olímpia, este out-door clama para ser destruído por algum play-boy mais afoito em sua máquina.
Já enviei reclamação ao CONAR, vamos ver se adianta alguma coisa.

é isso, por fernando stickel [ 13:57 ]

corte de árvores

Mais um capítulo da tragédia “BRASILEIRO ODEIA ÁRVORE”


A Prefeitura do Município de São Paulo é sem dúvida a maior responsável pelo corte e destruição das árvores da nossa cidade.
Esta constatação não é de hoje, venho acompanhando o que acontece nas nossas ruas, em particular na Vila Olímpia, Av. Nova Faria Lima e Hélio Pellegrino, há pelo menos 18 anos.
Basta um infeliz qualquer ligar para a Regional e dizer que a árvore está atrapalhando a garagem que eles vem correndo com as motosserras.
Senti um golpe mortal quase um ano atrás quando um Ficus, que eu mesmo havia plantado na esquina da R. Ribeirão Claro com Av. Helio Pellegrino, formado, copado, forte e fornecedor de sombra, foi sumáriamente cortado pela Consladel, empresa responsável pela implantação do novo “PAISAGISMO” da prefeitura.
Meu Ficus poderia tavez ter sido transplantado, mas não, dá muito trabalho, é mais fácil cortar, e depois ninguém vai reclamar mesmo, nós cidadãos somos todos uns bunda-moles, obrigados a testemunhar aos maiores absurdos, e vai reclamar pra quem? Pra prefeita?
Hoje, em um passeio de meia hora pelo novo projeto paisagístico das avenidas Nova Faria Lima e Helio Pellegrino, constatei por exemplo que os conceitos de manutenção e limpeza são inexistentes, com buracos abertos, sujeira, canos cortados esperando para transmitir tétano a quem tiver a infelicidade de cair em cima.

é isso, por fernando stickel [ 18:31 ]

borracheiro

O borracheiro da Rua Nova Cidade, na Vila Olímpia.
Ou está consertando pneu ou jogando dominó, sempre de charuto na boca.

é isso, por fernando stickel [ 0:00 ]