aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘vila brasilândia’

papai noel


Na inauguração do Programa Ação Família – Viver em Comunidade na Paróquia São José Operário, na parceria da Prefeitura da Cidade de São Paulo com a Fundação Stickel, Sandra Pierzchalski se dedica ao seu esporte predileto: Brincar de Papai Noel com uma criança no colo!

é isso, por fernando stickel [ 18:03 ]

inauguração ação família


Inauguração hoje de manhã, na Paróquia São José Operário, do Programa Ação Família – Viver em Comunidade na parceria da Prefeitura da Cidade de São Paulo com a Fundação Stickel.
Da esq. para a direita, Ligia Rosa Rezende Pimenta, Coordenadora do Programa Ação Família, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, Rubens Moraes, Coordenador da CASD Freguesia do Ó/Brasilândia, eu, Floriano Pesaro, ex-Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e vereador eleito.

é isso, por fernando stickel [ 18:59 ]

ação família


Amanhã teremos a festa de Inauguração do Programa Ação Família – Viver em Comunidade na parceria da Prefeitura da Cidade de São Paulo com a Fundação Stickel.

Será na Paróquia São José Operário, R. Hugo Ítalo Merigo 1.152, Jardim Damasceno, Vila Brasilândia, Zona Norte de São Paulo.

Os APS – Agente de Proteção Social contratados pela Fundação Stickel, e treinados em um curso da Prefeitura, já estão trabalhando na área, cadastrando e atendendo as famílias.

Estarão presentes à solenidade:
• Sr. Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social
• Sr. Milton Roberto Persoli, Subprefeito da Subprefeitura da Freguesia do Ó/ Brasilândia
• Sra. Ligia Rosa Rezende Pimenta, Coordenadora do Programa Ação Família – viver em comunidade
• Sr. Fernando Stickel, Presidente da Fundação Stickel
• Sr. Rubens Moraes, Coordenador da CASD Freguesia do Ó/ Brasilândia
• Sr. Orlando Miranda Pereira, Superintendente Regional do Banco do Brasil na Zona Norte
• Sr. Valdir Martins – Gerente do Banco do Brasil – Agencia Freguesia do Ó
• Sra. Zênia Kawkeb Derneika Lisi, Gerente da Unidade

O Ação Família mobiliza pessoas, articula comunidades e redes locais, integra habilidades e saberes, promovendo o acesso das famílias à rede de serviços públicos governamentais e não-governamentais, em um cenário de cidadania ativa.

é isso, por fernando stickel [ 10:23 ]

ação família

aps.jpg
A Fundação Stickel recebeu hoje a visita de nove novos funcionários, contratados para exercerem a função de Agente de Proteção Social – APS.
Eles serão a ponta de lança do Programa Ação Família da Prefeitura de São Paulo. A Fundação Stickel, em parceria com a Secretaria Municipal de Ação e Desenvolvimento Social – SMADS, atenderá a cerca de 1.200 famílias na Vila Brasilândia, Zona Norte de São Paulo.

é isso, por fernando stickel [ 14:42 ]

ação família

smads.jpg
Assinatura, hoje à tarde na Regional Freguesia – Brasilândia, do termo de parceria entre a Fundação Stickel e a Secretaria Municipal de Ação e Desenvolvimento Social – SMADS, para execução do Programa Ação Família na Vila Brasilândia, com atendimento a 1200 famílias.
Da esq. para a direita, Sandra Faleiros, Rubens Morais e Rita Dalmaso, pela SMADS, e este que vos bloga pela Fundação Stickel.

é isso, por fernando stickel [ 19:22 ]

natal na brasilândia

A Fundação Stickel promoveu hoje a festa de encerramento das atividades de 2007 do Programa Mulheres de Talento, na Vila Brasilândia.
Houve lanche, apresentação de teatro das moças beneficiadas pelo Programa, exposição dos trabalhos criados nas oficinas, Papai e Mamãe Noel distribuiram presentes a todos, e finalmente apresentação dos palhaços.
Foi tudo perfeito, alto astral, parabéns a todos os envolvidos na organização!

natal.jpg

é isso, por fernando stickel [ 19:45 ]

heroína

exp.jpg
HOMENAGEM EXPLÍCITA À SANDRA, MINHA MULHER

Chego em casa, exausto, por volta das 19:30h, e encontro minha mulher Sandra Pierzchalski trabalhando árduamente na preparação dos presentes das mães e das crianças atendidas no Programa Mulheres de Talento da Fundação Stickel.
Ela foi hoje às compras, em diversos locais, pensou nas embalagens, pegou a lista das mães e das crianças, com as respectivas idades, selecionou roupas, brinquedos, guloseimas, panetones, e agora são quase 23:00h e ela continua a embalar tudo, metódicamente, com uma objetividade que rivaliza com a preparação do DIA D, que será para nós 20/12/07, na Vila Brasilândia.

Sandra,meu amor, tu é minha heroína!!!

é isso, por fernando stickel [ 21:56 ]

nº comas 1066

comas.jpg
Esta sim é uma vitória importantíssima!!!! O número mágico: 1066
Parabéns a todos que participaram da criação e execução do Programa!

O Programa Mulheres de Talento acaba de ser aprovado pelo Conselho Municipal de Assistência Social – COMAS, que é um órgão deliberativo, normativo e fiscalizador da política de Assistência Social. Sua função primordial é a do CONTROLE SOCIAL – o que significa conhecer, acompanhar, avaliar e fiscalizar a política de Assistência Social e, fundamentalmente, organizar e mobilizar a sociedade civil para suas ações.

Foram quase dois anos de processo, iniciamos pela criação do Programa, em seguida contatos preliminares com a Subprefeitura Freguesia/Brasilândia, Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social do Município de São Paulo, depois a procura e aluguel da casa, projeto de arquitetura e reforma, complementação de documentação, alvarás, aprovação do Corpo de Bombeiros, inauguração, assinatura de termo de cooperação, pilhas e mais pilhas de papéis, milhares de telefonemas…

UFA!!!!!!

Sem este número nada ocorre em uma Fundação para a obtenção de isenções e cadastramentos previstos em lei, a nível Municipal, Estadual e Federal.
Isenção de CPMF, IPTU, I. Renda, ICMS, etc…, tudo isso se inicia a partir do número COMAS: 1066
A Fundação Stickel só será considerada 100% operacional se estiver com todos estes documentos válidos. Quase todos precisam ser renovados ano após ano, fiscalização e burocracias infernais, mas é assim que é.

Amanhã, sábado, estarei das 7 às 19h no Terceiro Encontro da APF, onde se discutirão exatamente todas as questões que envolvem as Fundações no momento atual.

é isso, por fernando stickel [ 9:49 ]

mulheres de talento

Sandra e Marcos Vinicius, a fotógrafa Silvia Russo e o Secretário Floriano Pesaro, as brincadeiras.

bacuri.jpg
Nosso dia hoje começou às sete da manhã, agora são quase onze da noite, e as forças voltam o suficiente para contar que a inauguração do Projeto Mulheres de Talento foi o máximo!

A partir das dez começaram a chegar os convidados, funcionários e parceiros da Fundação Stickel, família, o Secretário Municipal de Assistência Social, Floriano Pesaro, o Subprefeito da Freguesia/Brasilândia Odair Zioll e suas respectivas “entourages”, e mais o vereador Claudinho e outras tantas pessoas ligadas aos equipamentos sociais da região, no total cerca de 100 pessoas.
Por volta das onze, após breve discurso de cada um de nós três foi assinado, em cerimônia formal, o termo de parceria entre a Secretaria, Subprefeitura e Fundação. Em seguida foi servido café da manhã, tudo em altíssimo astral.

A partir das duas da tarde começaram a chegar as moças que estão sendo atendidas, com os filhos e famílias, representantes da comunidade local, vizinhos, etc…, somaram também cerca de 100 pessoas, houve contação de histórias, música, pipoca lanche, tudo muito alegre.
Às quatro, a arquiteta Sandra Pierzchalski e eu exaustos saímos à francesa, às cinco encerrou-se um dia glorioso, um marco para o bairro e para nós.

é isso, por fernando stickel [ 22:56 ]

mulheres de talento

mulhe.jpg
Neste sábado, 18 Agosto a Fundação Stickel inaugurará a primeira unidade do “Programa Mulheres de Talento” na região da Freguesia do Ó/ Vila Brasilândia, Zona Norte de São Paulo.
A solenidade contará com a presença do Secretário Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social – Floriano Pesaro e do Subprefeito da Freguesia do Ó/ Brasilândia – Odair Zolli. Nessa ocasião será assinado Termo de Parceria entre a Fundação Stickel e a Prefeitura Municipal de São Paulo para realização de ações conjuntas na Região.
Veja as fotos da casa AQUI.
Hoje, 16 Agosto 2007 realizou-se lá no local, pela primeira vez, uma reunião com um grupo de cerca de 20 mulheres!

é isso, por fernando stickel [ 15:54 ]

todos nós


Acabo de assistir ao filme Antonia, direção de Tata Amaral. Passa-se na Vila Brasilandia, bairro da Zona Norte de São Paulo, onde estamos iniciando o projeto social Mulheres de Talento da Fundação Stickel.
O filme, muito bom, não trata da violência das periferias, mas inevitávelmente a violência lá está. Nem que você não queira ela se intromete na vida, em todas as vidas.
O Brasil está perdendo a guerra. Este é infelizmente o fato que fica patente. Toda a sociedade brasileira está perdendo, dos mais pobres aos mais ricos. Todos nós.

Estou fazendo a minha parte, ressuscitei a Fundação Stickel, iremos ajudar a cuidar de mulheres jovens, talvez semelhantes às protagonistas do filme, mães solteiras, pobres, esquecidas.
Com certeza estarei despejando uma gota de bondade num oceano de selvageria. Não vou desistir, mas continuo pessimista, tenho certeza que o Brasil não vai pra frente, tenho certeza que a bandidagem é tão grande, a começar pelos nossos políticos, que não haverá gota(s) capaz(es) de combater o oceano.

é isso, por fernando stickel [ 23:41 ]

mulheres de talento


Marilena Flores no quintal da casa.

Amanhã inicia-se a reforma do imóvel que a Fundação Stickel alugou para implantar seu projeto social próprio, “Mulheres de Talento”. A decisão de investir nesta área foi minha, e envolveu toda a equipe da Fundação, com a inestimável colaboração de nossa consultora Marilena Flores, que elaborou o projeto.

“Mulheres de Talento”

A mulher negra tem sido, ao longo de nossa história, a maior vítima da profunda desigualdade racial vigente em nossa sociedade. Ela está mais exposta à miséria, pobreza, violência, analfabetismo e à precariedade de atendimento nos serviços assistenciais, educacionais e de saúde.

Está sujeita também a altos índices de gravidez na adolescência. São muitos os motivos que tornam uma adolescente mais vulnerável a uma gravidez, o principal deles é a falta de um projeto de vida e de perspectiva futura. Pelos dados do Ministério da Saúde, a adolescente que engravida uma vez, facilmente engravida uma segunda vez e, portanto, é preciso investir na redução da segunda gravidez.

Analisando este cenário e com a proposta de oferecer um modelo de atendimento que diminua seus efeitos perversos é que a Fundação Stickel elaborou o programa “Mulheres de Talento”, que tem como meta o aumento de oportunidades a serem oferecidas à mulher jovem, em situação de vulnerabilidade social e que esteja vivendo a experiência de uma maternidade precoce, estendendo as ações também aos seus filhos.

A Fundação Stickel optou por criar núcleos de atendimento direto em áreas de alta vulnerabilidade social, sendo que o primeiro será implantado no bairro de Vila Brasilândia, considerado um dos bairros com maior índice de vulnerabilidade juvenil e de menor IDH (índice de Desenvolvimento Humano), da Grande São Paulo.

O objetivo central desta proposta é oferecer a 100 mulheres jovens, oportunidade de desenvolvimento pessoal e social, através de apoio psicossocial, estímulo para a volta aos estudos; participação em ações sócio-educativo-culturais, tais como: oficinas de artes plásticas, oficinas musicais e corporais, onde possam fortalecer sua auto-estima; apoio à geração de renda  através de atividades de qualificação para o trabalho e incentivo ao empreendedorismo. Também haverá  espaço sócio-cultural e de brincar para os filhos, durante a permanência das jovens na Fundação, e atividades que favoreçam a construção de vínculos positivos para si e seus filhos e propiciem o descobrimento de significado para suas vidas.

O programa Mulheres de Talento adota a metodologia do desenvolvimento social sustentável investindo em capacitação, geração de renda e protagonismo das usuárias, apoiando-se na participação comunitária, parceria com organizações sociais locais ou regionais, públicas ou privadas, para a implantação e a gestão das suas ações.”

é isso, por fernando stickel [ 9:46 ]

vila brasilândia


Voltei à Vila Brasilândia, bairro da Zona Norte de São Paulo, onde estamos procurando um imóvel para iniciar o projeto social da Fundação Stickel, “Mulheres de Talento”, mas não está fácil.
Preços de assustar, falta de espaços adequados, imobiliárias de baixíssimo nível.
Ao fundo à esquerda o pico do Jaraguá, à direita a Serra da Cantareira.

é isso, por fernando stickel [ 10:21 ]

subprefeitura brasilândia


A Fundação Stickel está implantando na Vila Brasilândia, bairro extremamente carente na Zona Norte de São Paulo, um projeto social denominado “Mulheres de Talento” dirigido à mulheres jovens, de 14 a 24 anos, mães solteiras em situação de vulnerabilidade social.
Em visita hoje ao bairro fomos conversar com o Subprefeito de Freguesia / Brasilândia, Odair Ziolli.
Na foto, saindo da subprefeitura, da esq. para a direita, Rubens Morais, coordenador de assistência social, Rita Dalmaso, assistente social, Marilena Flores, assessora da Fundação para este projeto, e Agnes Ezabella, superintendente de projetos sociais da Fundação.

é isso, por fernando stickel [ 19:10 ]

zona norte


Passei o dia hoje na Zona Norte, entre Vila Brasilândia, Vila Nova Cachoeirinha e Freguesia do Ó.
São Paulo é uma cidade inacreditávelmente grande.
Na foto, o alto verde à esquerda é o cemitério de Vila Nova Cachoeirinha. Uma enorme parcela destes bairros é feita de favelas com construções de alvenaria, entremeadas de pequenas “ilhas” de ruas arborizadas com construções melhores.

é isso, por fernando stickel [ 18:58 ]