aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Arquivo: setembro de 2013

coisa de cinema

coisa de cinema2
Coisa de cinema.

é isso, por fernando stickel [ 19:14 ]

356 & 911

356
No último sábado participamos com Porsche 911 Carrera 1975, na Fazenda Boa Vista, a cerca de 100km de São Paulo de uma exposição de Porsche modelos 356 e 911, que comemora neste ano aniversário de 50 anos.
O evento foi promovido pelo Porsche 356 Clube Brasil.

Dia lindo, gramado impecável, e sobre ele obras de arte! Sim, estas máquinas são obras de arte! Expressão completa do engenho humano, o melhor da engenharia, beleza, design e função.

300sl
De quebra ainda estavam expostos alguns ícones, como Mercedes-Benz 300SL “asa de gaivota”, Aston Martin, Alfa-Romeo e Ferrari.

é isso, por fernando stickel [ 8:53 ]

captação de recursos

idis
A Fundação Stickel contratou no início de 2013 o IDIS – Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social para realizar Estudo de Viabilidade para a Captação de Recursos.

Por que?

Para avaliar se seus projetos tem a capacidade de motivar possíveis investidores sociais, pessoas físicas ou jurídicas a se tornarem parceiros, propiciando, através do aporte de recursos, a ampliação de suas atividades e projetos.

A consultoria do IDIS se desenvolveu em três etapas:

– Análise interna e preparação do CASO da Campanha.
– Estudo de viabilidade – Entrevistas com 10 pessoas.
– Planejamento da Campanha.

O longo e interessantíssimo processo, terminou hoje, com uma Oficina de Planejamento de Campanha, onde Sandra Pierzchalski, conselheira, Rubia Formaggi e Silva, assessora de relações institucionais e eu, sob a orientação de Marcia Woods e Rodrigo Alvarez do IDIS participamos de um workshop para definir os rumos da Fundação na captação de recursos.

Mais novidades em breve!!

é isso, por fernando stickel [ 18:11 ]

bienal do quase vazio

bi1
Espaço de “descanso”.

O que é mais gostoso, elogiar ou criticar?

Eu acho mais gostoso elogiar, é uma ação imbuída de fluidos positivos, alegria, sorrisos, solidariedade, compartilhada pelo sucesso, beleza, conquista, seja no ramo que for. É uma ação totalmente desprovida de preguiça, egoismo, inveja ou soberba, por definição.

Vai me dizer que não é gostoso, por exemplo, dar os parabéns para mais um coroa que entra para o time dos vovôs??!! Parabenizar a família do adolescente que se forma, ou o amigo que ganha um prêmio e/ou uma grana? E o profissional ou esportista que realiza algo incrível, não é gostoso parabenizar?

Sem dúvida, mas… e as críticas? Bem… a crítica é inevitável em determinadas situações, como a de ontem, por exemplo:

bi2
Bom momento da exposição, a coleção dos 30 cartazes.

Minha mulher Sandra e eu fomos convidados a fazer uma visita guiada à exposição 30 × Bienal – Transformações na arte brasileira da 1ª à 30ª edição.
Pontualmente lá estávamos às 17:00h e nos juntamos ao grupo. Dia feio, cinza, chuvoso, trânsito caótico, tudo aquilo que o paulistano conhece de sobra e cada vez mais o retém em casa. O que se espera depois de enfrentar o calvário? No mínimo beleza, inteligência, provocação intelectual, excitação, charme, acolhimento.

No primeiro contato com o espaço da exposição a primeira decepção, uma sensação ruim, luz muito fria, desregulada, grandes espaços vazios de coisas e pessoas, uma impressão de desespero… isso logo nos primeiros cinco minutos…
Subimos as rampas, de esguelha identifico um Antonio Dias ali, um Carlos Fajardo ali… Muito espaço branco, vazio, muitas curvas desnecessárias, muitos quilômetros percorridos para pouca densidade artística, afinal o objetivo da mostra é a comemoração de 30 bienais, 60 anos de arte da melhor qualidade. Qual o que. Nada disso se percebe na montagem e na curadoria desprovidas de excitação e sensualidade.
Que pena, tanto esforço para nada, ou quase nada.
Não é a Bienal do Vazio, é a Bienal do quase Vazio, impossível de ser elogiada, sorry…

bi3
Livraria da Travessa, espaço com densidade. Ufa!

é isso, por fernando stickel [ 8:21 ]

big brother world

mensagem
Sim, vivemos para o bem, e para o mal o “Big Brother World”.
Vejam só que interessante, e até um pouquinho amedrontador…
Recebi a seguinte mensagem no Facebook, acompanhada de seis fotos, de uma pessoa que não conheço:

“Boa Noite, me desculpe a ïntromissão e ousadia, mas semana passada, estavámos, eu e meu marido passando pela Vila Olímpia quando nos deparamos com seu belo carro, com uma simpática moça e um cachorro muito estiloso, não resistimos e fotografamos, confesso que quase demos uma buzinada para vocês olharem porque eu queria tentar um retrato, mas fiquei com vergonha, mesmo assim fiz umas fotos de vocês.
Pelo adesivo de um torneio de Interlagos não foi muito difícil de acha-lo.
Enfim, Parabéns pelo carro, pela moça e pelo cachorro.”

A mensagem veio assinada, trata-se de uma amiga de amigos meus…com aparente vocação para “papparazzi”….

é isso, por fernando stickel [ 15:26 ]

arnaldo pappalardo faz visita guiada

a1
No Museu da Casa Brasileira, o fotógrafo Arnaldo Pappalardo realiza visita guiada à sua exposição “Tavoletta” com seus alunos do curso “Um olhar sobre a Cachoeirinha” promovido pela Fundação Stickel na Fábrica de Cultura da Vila Nova Cachoeirinha.

a3
Da esq. para a direita, Rubens Morais, superintendente da Fábrica de Cultura da Vila Nova Cachoeirinha, onde se realiza o curso, Arnaldo Pappalardo, Rubia Formaggi e Silva, assessora de relações institucionais da Fundação Stickel, e Lucas Cruz, assistente do Arnaldo.

a2
A Câmara Escura, patrocinada pela Fundação Stickel, continuará ativa no jardim do Museu da Casa Brasileira até o final da mostra da Bienal de Arquitetura em Novembro 2013, após o que realizará itinerância por outros equipamentos culturais.

é isso, por fernando stickel [ 11:19 ]

luto

Luto-01-1
Dia de luto.
Celso de Mello falou por duas horas para justificar o voto que arrastará o país pela lama da impunidade. Tudo muito técnico, muito correto, muito bem pensado, muito estruturado, e muito errado, inclusive por ignorar e desprezar, olímpicamente, nós, o povo.
Que pena.
O estrago ora perpetrado não será consertado, com otimismo, em menos de um século.
Talvez meus bisnetos, ou tataranetos possam viver em um Brasil melhor.
Acho que dessa vez o gigante adormeceu novamente, e no pior dos sonos. Permanentemente assombrado pelo pesadelo de ter se transformado em uma piada de salão.

é isso, por fernando stickel [ 22:30 ]

primeiro e quarto lugar!!

3 et
No dia 14/9/2013, os números do rallye – 3ª Etapa do Torneio Interlagos de Regularidade 2013, em que meu filho Arthur como navegador e eu, piloto, conquistamos o primeiro lugar na categoria duplas modelos clássicos.

e eta
Fantástico!!! Graças a um sistema de pesos diferenciados, tendo participado em uma única prova no ano, já estamos em 4º lugar no Torneio Interlagos de Regularidade 2013!

é isso, por fernando stickel [ 22:15 ]

sandra pierzchalski arquiteta

renato
A arquiteta Sandra Pierzchalski, minha mulher, e o presidente da Sociedade Hípica Paulista, Renato de Moraes Dantas Neto.

hipica pergula
A montagem da nova cobertura vai de vento em popa, executada pela Plasmont e supervisionada pela Sandra, que também coordena as obras civis, elétrica, paisagismo e decoração.

hipicasolda

Eu adoro o trabalho dos serralheiros, montadores e soldadores, que movimentam peças de meia-tonelada de peso, ou mais, para encaixes e posicionamento milimétricamente projetados.

é isso, por fernando stickel [ 17:29 ]

benvinda rubia!

rubia

A Fundação Stickel procurou, e encontrou sua nova colaboradora, Rubia Formaggi e Silva.
No cargo de Assessora de Relações Institucionais, será responsável por assessorar a diretoria na elaboraração, implantação e coordenação da política de Relações Institucionais da Fundação, visando sua divulgação institucional, relacionamento com stakeholders e captação de recursos. Deverá ainda estabelecer sólido relacionamento com a imprensa.
Benvinda Rubia!!

é isso, por fernando stickel [ 16:24 ]

dupla de quatro

Dupla de Quatro

int1
Em um sábado de sol, quente, seco, céu azul, dia perfeito para curtir o autódromo de Interlagos, meu filho Arthur como navegador e eu, piloto, conquistamos ontem, 14 Setembro 2013, o “Primeiro Lugar” no rallye de regularidade – 3ª Etapa do Torneio Interlagos de Regularidade 2013, na categoria duplas modelos clássicos, promovido pelo Jan Balder.

int2
Dupla de quatro porque a equipe vencedora é composta de dois camaradas que conduzem a máquina, depois sobem ao pódio, recebem o prêmio e são fotografados, etc…, e tem outros dois elementos que são igualmente importantes e recebem o prêmio conjuntamente, a máquina Mercedes-Benz 280SL 1970 “Pagoda”, que se comportou impecávelmente, e o mecânico que a recuperou, o Gigante.

int3
Nesta etapa foi possível escolher qualquer tempo para a volta, e nós escolhemos 3:03, o que significa andar nas retas a 100km/h, e fazer o miolo em ritmo confortável, sem freadas fortes, prevenindo o desgaste excessivo de pneus, aquecimento dos freios, etc…
Completando os 4.309m. de extensão do autódromo no tempo escolhido, fizemos média de 84,77km/h.

int4
Jan Balder foi homenageado com um placa, inaugurando o “Espaço Jan Balder”, do Torneio Interlagos de Regularidade.

é isso, por fernando stickel [ 15:55 ]

martha stickel by cook

martha:cook
Minha mãe, Martha Diederichsen Stickel, 86, magistralmente fotografada pela minha amiga Renata Cook.

Uma das pessoas mais difíceis de fotagrafar que conheço, só se obtem uma foto bem sucedida pegando-a totalmente desprevenida, uma janela de frações de segundo para o sucesso!

martha ernesto
Martha e seu irmão Ernesto George Diederichsen, 92. Cena rara, os irmãos juntos… consegui uma foto depois de muitas e muitas tentativas…

é isso, por fernando stickel [ 18:28 ]

casa daros

Casa_Daros
Visitamos em Botafogo, no Rio de Janeiro, a Casa Daros, instituição da Daros Latinamerica, uma das mais abrangentes coleções dedicadas à arte contemporânea latino-americana, com sede em Zurique, Suíça. Daros Latinamerica conta com cerca de 1.200 obras, entre pinturas, fotografias, vídeos, esculturas e instalações, de mais de 117 artistas, e segue em expansão.

A Casa Daros é um espaço de arte, educação e comunicação, que ocupa um casarão neoclássico do século XIX, preservado pelo Patrimônio da cidade do Rio de Janeiro. Projetado pelo arquiteto Francisco Joaquim Bethencourt da Silva (1831-1912), encontra-se em um terreno de mais de 12 mil metros quadrados, em Botafogo, Rio de Janeiro.

O espaço apresenta exposições da Coleção Daros Latinamerica e tem forte foco em arte e educação – com diversas atividades para o público. Oferece, ainda, uma agenda de seminários e encontros com artistas no auditório, além da biblioteca especializada em arte latino-americana contemporânea, o Espaço de Documentação, o Espaço de Leitura com catálogos de exposições da coleção, restaurante/café e loja.

daros
Minuciosamente restaurada, a Casa Daros é uma jóia européia implantada em Botafogo. Capricho, precisão, bom gosto e execução impecável dão gosto de ver!!

é isso, por fernando stickel [ 19:20 ]

museu de arte do rio – mar

mar
A arquitetura do MAR.
Queria muito conhecer o MAR – Museu de Arte do Rio. Minha curiosidade tinha sido aguçada por documentário na TV onde os arquitetos Bernardes & Jacobsen explicam o partido arquitetônico e a obra. Neste fim de semana de intensas visitas artístico/culturais à maravilhosa cidade do Rio de Janeiro finalmente lá cheguei.

Cheguei e me encantei com a localização do complexo e com o partido arquitetônico. E me decepcionei, por algumas razões:

museu-arte-rio-1
– A linda cobertura ondulada precisaria ser um pouco maior, para cumprir eficientemente seu papel. Dá a sensação de “cobertor curto”, 15 a 20% maior em área acho que resolveria. Existe até um croquis no site ArcoWeb mostrando uma versão com a cobertura maior.

museu-arte-rio-3
– A rampa de acesso que desce do prédio novo ao prédio antigo está com muita cara de um apêndice de última hora. Cheira a corte de verbas, é ruim de caminhar e pobre no visual. Poderia ser um dos pontos altos do complexo. No site da ArcoWeb um croquis sugere a rampa em vidro, muito mais interessante.
– Os dois terraços deveriam ser interligados. (humilde opinião…)
– Faltam espaços de descanso na descida dos andares, que poderiam capitalizar no poderoso visual do porto.
– Detalhamento e execução da obra sofríveis.

Almoçamos no restaurante do museu, os banheiros já estão sem manutenção, no banheiro dos homens faltava água, olhando tudo, dá a sensação de corte de verbas, e opção por soluções de construção mais baratas. É uma pena.

imaginario
Do ponto de vista das exposições, o Museu de Arte do Rio – MAR não deixa a desejar, tudo muito bem feito e bem montado.
O ponto alto é a exposição “imagináRio” sobre a evolução da paisagem carioca, com curadoria de Paulo Herkenhoff.

é isso, por fernando stickel [ 9:42 ]

botas-e-botox

mu
Este episódio, acontecido algum tempo atrás, me lembrou o saudoso jornalista Telmo Martino, falecido ontem aos 82 anos.

Esta senhora, de idade incógnita, muito ligada a um museu paulistano, causou espécie ao aparecer de mini-saia, botas e botox.

Botas-e-botox, de minha humilde lavra, poderia até se parecer com as descrições inesquecíveis do jornalista carioca Telmo Martino nas colunas de quarta-feira do Jornal da Tarde, entre 1971 e 1985.
Telmo Martino com potência máxima de seu veneno, imortalizou entre outros Fernando Henrique Cardoso como “sénateur mulâtre” e o meu primo Luiz Villares como “Lulu metalúrgico”

Caracterizou as “turmas” da época como digital-e-dart, poncho-e-conga, quibe-e-quilate, kosher-e-kibutz, tempura-e-mesura, barba-e-bolsa, rolex-e-pérolas, vaselina-e-silicone, scala-e-escarola e tantas outras.
Engraçado que, mais de um quarto de século depois, tem uma turma hoje em dia que frequenta as vernissages que poderia ser perfeitamente caracterizada como bolsa-e-pose…

é isso, por fernando stickel [ 7:54 ]

fundação stickel procura profissional

procuro

Fundação Stickel procura:

Título do cargo:
Assessor de Relações Institucionais

Sumário do cargo:
O profissional será responsável por assessorar a diretoria na elaboraração, implantação e coordenação da política de Relações Institucionais da Fundação, visando sua divulgação institucional, relacionamento com stakeholders e captação de recursos. Deverá ainda estabelecer sólido relacionamento com a imprensa.

Subordinação:
Reporta-se ao Diretor Presidente.

Principais atribuições e responsabilidades:
– Gestão do relacionamento da instituição com seus stakeholders.
– Contatos com a imprensa.
– Redação, textos e releases, preparação de mala-direta.
– Elaboração de relatórios de atividades e relatório anual.
– Manutenção de redes sociais e site na internet.
– Elaboração de materiais de divulgação, folhetos, e-mails, vídeos, power-point.
– Manutenção e atualização de cadastro, nomes, endereços, e-mails, telefones.
– Suporte nas atividades de captação de recursos.
– Registro e manutenção da história da instituição.

Requisitos do cargo:
Alinhamento e comprometimento com a missão da Fundação Stickel.
Formação superior em relações públicas/jornalismo/administração/marketing ou outros cursos correlatos.
Vivência/experiência no Terceiro Setor.
Vivência/experiência em cultura e artes visuais.
Experiência anterior de três anos atuando na área de relações institucionais.
Boa comunicação interpessoal.

Conhecimentos específicos:
Sólidos conhecimentos de informática e navegação na internet e redes sociais.
Excelente redação em português.
Desejável inglês e espanhol fluente.

Competências:
Proatividade, iniciativa e ótima comunicação oral e escrita.
Organização, capacidade de estabelecer relacionamentos interpessoais e interinstitucionais
Capacidade de trabalho sob pressão, articulação de equipes, planejamento e cumprimento de prazos.
Capacidade de articulação, facilidade de trabalhar em grupo, visão e ação sistêmica e criativa.

Enviar currículo para miriam@fundacaostickel.org.br

(o Diretor Presidente em questão sou eu mesmo…)

é isso, por fernando stickel [ 14:48 ]

jimmy hendrix

jimmyh
Nunca pensei que esta criatura pudesse me encher de tanta alegria!!!
Jimmy Hendrix é como um filho…
A foto é da Sandra, mãe(zona) dele.
Já lá se vão dois anos, desde que o Jimmy começou a alegrar a nossa casa!

é isso, por fernando stickel [ 11:56 ]