aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

elegância e discrição

Minhas memórias de Ferrari são muito antigas e muito vívidas!

Na memória mais antiga eu deveria ter uns 4 anos de idade e viajava com meus pais de carro pela Itália ou Suíça, a estrada em meio a uma floresta, de repente em uma clareira aparece aquela maravilha vermelha estacionada em frente a um restaurante, quiçá uma Ferrari 340 Mexico… Imagem indelével.

Interlagos


Com 16 ou17 anos de idade eu era tarado por motocicletas e automóveis, assíduo leitor da revista Quatro Rodas e frequentava a pista de Interlagos nas Mil Milhas, 500 Km, etc…
Morava na Rua dos Franceses na Bela Vista, o bairro abrigava, além de uma enorme colônia italiana, várias oficinas mecânicas. Perto da minha casa morava, na Rua dos Ingleses, o Domingos Papaleo (1937-2015), que corria de Ferrari, provavelmente uma 500 Testa Rossa vermelha de 1956.
Do meu quarto eu ouvia cheio de prazer e excitação as aceleradas da Ferrari nos testes que ele fazia no imenso quarteirão formado pela R. dos Franceses, Joaquim Eugênio de Lima, Alm. Marques Leão e R. Cons. Carrão. Certo dia tomei coragem, fui até a casa dele, toquei a campainha e pedi pra ele me levar a dar uma volta, e não é que o italiano me mandou entrar na macchina e lá fomos nós dar a volta no quarteirão, com aquele som maravilhoso preenchendo todos os meus sentidos!!! Jamais esquecerei!!!

Mais recentemente, já vivendo na Vila Olímpia, algumas experiências com Ferraris, mas de outro tipo… Novos ricos mais afoitos, se exibem nos fins de semana ou feriados aqui na Vila Olímpia / Vila Nova Conceição.
Aceleram e fazem bastante barulho nas avenidas Helio Pelegrino e Nova Faria Lima. São várias, vermelhas, pretas, amarelas, brancas.

Ora, o cara que tem grana para comprar uma Ferrari, vai ficar brincando aqui na cidade, nas ruas esburacadas, cheias de lombada e radar? Se exibindo em torno do quarteirão? Atormentando os vizinhos com o lindo ronco da macchina?
E olhe que sou um amante das máquinas e motores, em particular da Ferrari…

Elegância e discrição andam em falta por aqui..

é isso, por fernando stickel [ 20:39 ]

5 comentários

Giorgia

maio 3rd, 2003 at 22:24

*suspiro*

Fernando Cals

maio 3rd, 2003 at 22:58

Pois é, Fernandoaqui no Rio tem muito babaca, também. Mas esse tipo das Ferraris, é padrão São Paulo.Tá cheio deles, por aí. Em tempo: apesar deles, Sampa continua a ser grande!!!Abração

mario av

maio 5th, 2003 at 21:44

Gente envolvida com crime.Dinheiro desonesto.

f. stickel

maio 5th, 2003 at 22:39

É, novo rico honesto, sei não¿ um ou outro…

Zé Rodrigo

março 15th, 2005 at 18:09

Essa estória de acelerar nas ruas é antiga, e acho que não vai acabar nunca.

Hoje estes caras ai em Sampa aceleram seus carros nas novas e largas avenidas.

Ontem seus antecessores faziam a mesma coisa em frente ao falecido bar/restaurante Deck, ou aqui no Rio na curva do calombo, ou ainda na descida do Alto da Boa Vista em direção a Tijuca.

Mudam os carros, os ‘pilotos”, mas os eventos continuam os mesmos.

Mas eu ainda acho que os doidos de antigamente eram melhores :-))

Pelo menos eles tinham um transito menor, menos pedestres, menos gente nas ruas enfim.

Jro :-))

Deixe seu comentário