aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

cirurgia no ombro

o1
A preparação.

A necessidade é a mãe da invenção.
Minha datilografia sempre foi péssima, cato milho razoavelmente com a mão direita.
Com o ombro direito operado fui descobrir uma nova maneira de datilografar, existe um recurso no Mac para ditado, que acabo de acionar. Funciona bem. É assim que estou escrevendo estas linhas.

A operação no meu ombro direito no Sírio Libanês foi um sucesso, pouquíssima dor até agora, atendimento perfeito da equipe médica do Dr. Sergio Checchia quanto do hospital, e evidentemente da minha querida acompanhante Sandra.
Fiquei na nova ala D, moderníssima e ampla.
Tudo conforme o programado, uma noite apenas no hospital e saímos hoje de manhã, após banho e barba com auxílio profissional, sem o uso do braço direito as coisas podem ficar bastante difíceis…
Recebei instruções precisas sobre o uso da tipoia e para movimentar o mínimo o braço direito.
Alguns exercícios simples de fisioterapia deverão ser feitos durante dia.

Algumas novidades como as meias para evitar trombose me massagearam durante a noite inteira, todos os atendimentos da enfermagem são feitos e registrados online através de aparelhos tipo celular. O cuidado para marcar no corpo o local correto para a cirurgia chegar a ser excessivo, mas dá para entender quando se lê tanto sobre erros médicos.

o2
A constelação de furos.

03
A elegancia pós-cirurgica.

o4
A volta à vida normal (com tipoia…)

é isso, por fernando stickel [ 16:45 ]

2 comentários

Cristiano Silva

abril 14th, 2015 at 17:15

Força ai cara… boa recuperação.

fernando stickel

abril 14th, 2015 at 22:36

Obrigado Cristiano!!

Deixe seu comentário