aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

klaus foditsch


Esse cara aí na foto do Joaquim Marques foi meu amigo íntimo, sentávamos juntos nas carteiras duplas do primeiro ano primário no Colégio Visconde de Porto Seguro, na Praça Roosevelt.
Andamos de carrinho de rolemâ que ele construia ajudado pelo Seu Simon, pai dele, e pelo Hans (O Belo) irmão dele.
Destruimos bicicletas e tocamos punheta juntos no meio do mato. Roubamos o carro dos pais e pescamos juntos com meu avô Arthur Stickel na Ilha da Moela no Guarujá.
Construimos kart e andamos de moto, fizemos tudo que dois amigos adolescentes podem fazer juntos, inclusive traçar a primeira puta, eu no banco da frente e ele no banco de trás da perua DKW-Vemag Vemaguet de um também já falecido colega, Luis Antonio da Silva Telles. O Klaus morreu muito cedo, fruto de uma vida muito intensa, com muito sucesso e pouca sabedoria.
Saudades do Klaus Fridrich Foditsch.

é isso, por fernando stickel [ 19:09 ]

5 comentários

lokinha

julho 3rd, 2004 at 20:24

NOSSA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! QUANTA COISA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! COLOQUE MAIS DOLLS , ( ISSO SÓ É UMA DIQUINHA ). BLZ

aqui tem coisa » Arquivo » rua barão de aguiar

julho 18th, 2007 at 18:42

[…] minha infância e adolescência brinquei muito no Aeroporto de Congonhas. Meu amigo Klaus Foditsch (já falecido) morava na Rua Barão de Aguiar, a poucas centenas de metros da cabeceira da pista, e […]

aqui tem coisa » Arquivo » acidente de bicicleta

fevereiro 20th, 2008 at 20:34

[…] -Atropelado por carro. -Atropelado por motocicleta. -Sozinho. -No seco, no molhado. -Sendo rebocado. -Na terra, no asfalto, com buraco, sem buraco. -Após arrebentar a corrente. […]

aqui tem coisa » Arquivo » motos

junho 17th, 2008 at 11:52

[…] início era a bicicleta e os carrinhos de rolemã, andava quase sempre com o meu já falecido amigo Klaus Foditsch, depois guiar motos e carros, o que houvesse motor para acelerar e correr. Aos dezesseis, de tanto […]

João Rodolpho Foditsch (vulgo Belo /Hans)

fevereiro 14th, 2009 at 18:14

Pois é Fernando faz mais de 50 anos que começamos a construir o primeiro carrinho de rolemã na garagem do Opa Simon e terminamos na rua dos Franceses e o teste foi descer a rampa do portão até o pateo da garagem, lembra?
Um forte abraço,
J.Rodolpho Foditsch

Deixe seu comentário