aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

sabedorias

seguir vivendo

Na missa de sétimo dia do Fonthor, ontem, o padre em sua fala disse uma coisa que me marcou:
“Para combater a morte temos que seguir vivendo.”
Talvez pareça óbvio, mas seguir vivendo com vontade com certeza nos fortalece, e dá condições de ajudar a quem precisa de apoio, justamente em ocasiões como a perda de um ente querido.

Em outras palavras, na sabedoria popular:
“O que não te mata te fortalece.”

é isso, por fernando stickel [ 8:51 ]

religião

Assim como temos lanchonetes para quem não quer cozinhar, temos religião para quem não quer pensar.
André Cancian

é isso, por fernando stickel [ 13:40 ]

zappa

é isso, por fernando stickel [ 23:49 ]

imperfeição

Me dei conta que trabalhamos com a imperfeição.
As pessoas não são perfeitas, nem suas famílias e os membros de sua comunidade, muito menos ainda seus amigos e inimigos…
As relações humanas não são perfeitas, estamos cansados de saber.
O planeta vem mostrando os dentes através das imperfeições do clima, do aquecimento global e do esgotamento dos recursos naturais.
As cidades, moradias, sistemas de transporte, abastecimento de água e energia, tratamento de esgotos e etc… não são perfeitos, longe disso!
Os governos são imperfeitos por definição, todos eles, os de direita, centro ou esquerda, os mais ou os menos corruptos.
As leis são imperfeitas, e o sistema judiciário então nem se fala!!!!
Talvez haja perfeição em toda esta imperfeição, na escala cósmica, mas, se há, sua fruição não está disponível aos humanos.

é isso, por fernando stickel [ 13:35 ]

explorer


Bem ou mal, esta poderia ser a missão deste blog…

You are an explorer

Your mission is to documente and observe the world around you as if you’ve never seen it before.
Take notes. Collect things you find on your travels. Document your findings. Notice patterns. Copy. Trace.
Focus on one thing at a time. Record what you are drawn to.

é isso, por fernando stickel [ 19:36 ]

no frigir dos ovos

Pergunta: Alguém sabe me explicar, num português claro e direto, sem figuras de linguagem, o que quer dizer a expressão “no frigir dos ovos”?

Resposta:
Quando comecei, pensava que escrever sobre comida seria sopa no mel, mamão com açúcar. Só que depois de um certo tempo dá crepe, você percebe que comeu gato por lebre e acaba ficando com uma batata quente nas mãos. Como rapadura é doce mas não é mole, nem sempre você tem ideias, e pra descascar esse abacaxi só metendo a mão na massa.

E não adianta chorar as pitangas ou, simplesmente, mandar tudo às favas.

Já que é pelo estômago que se conquista o leitor, o negócio é ir comendo o mingau pelas beiradas, cozinhando em banho-maria, porque é de grão em grão que a galinha enche o papo.

Contudo é preciso tomar cuidado para não azedar, passar do ponto, encher linguiça demais. Além disso, deve-se ter consciência de que é necessário comer o pão que o diabo amassou para vender o seu peixe. Afinal, não se faz uma boa omelete sem antes quebrar os ovos.

Há quem pense que escrever é como tirar doce da boca de criança e vai com muita sede ao pote. Mas, como o apressado come cru, essa gente acaba falando muita abobrinha, são escritores de meia tigela, trocam alhos por bugalhos e confundem Carolina de Sá Leitão com caçarolinha de assar leitão.

Há também aqueles que são arroz de festa; com a faca e o queijo nas mãos, eles se perdem em devaneios (piram na batatinha, viajam na maionese… etc.). Achando que beleza não põe mesa, pisam no tomate, enfiam o pé na jaca, e no fim quem paga o pato é o leitor, que sai com cara de quem comeu e não gostou.

O importante é não cuspir no prato em que se come, pois quem lê não é tudo farinha do mesmo saco. Diversificar é a melhor receita para engrossar o caldo e oferecer um texto de se comer com os olhos, literalmente.

Por outro lado, se você tiver os olhos maiores que a barriga, o negócio desanda e vira um verdadeiro angu de caroço. Aí, não adianta chorar sobre o leite derramado, porque ninguém vai colocar uma azeitona na sua empadinha, não. O pepino é só seu, e o máximo que você vai ganhar é uma banana; afinal, pimenta nos olhos dos outros é refresco…

A carne é fraca, eu sei. Às vezes dá vontade de largar tudo e ir plantar batatas. Mas quem não arrisca não petisca, e depois, quando se junta a fome com a vontade de comer, as coisas mudam da água pro vinho.

Se embananar, de vez em quando, é normal, o importante é não desistir mesmo quando o caldo entornar. Puxe a brasa pra sua sardinha, que no frigir dos ovos a conversa chega na cozinha e fica de se comer rezando. Daí, com água na boca, é só saborear, porque o que não mata engorda.

Entendeu o que significa “no frigir dos ovos”?

(não sei quem escreveu, mas é simplesmente excelente!!)

é isso, por fernando stickel [ 18:29 ]

circular


Acho que estou compreendendo o mundo de uma maneira circular…
Isto tem me deixado meio tonto, meio desorientado, mas por outro lado parece que as coisas “fecham’, existem menos fios soltos (loose ends).

é isso, por fernando stickel [ 13:30 ]

harry & bess

Harry & Bess? This seems unreal…..
Harry Truman was a different kind of President.
He probably made as many, or more important decisions regarding tyhe US history as any of the other 42 Presidents preceding him.
However, a measure of his greatness may rest on what he did after he left the White House.The only asset he had when he died was the house he lived in, which was in Independence Missouri .
His wife had inherited the house from her mother and father and other than their years in the White House, they lived their entire lives there. When he retired from office in 1952, his income was a U.S. Army pension reported to have been $13,507.72 a year.
Congress, noting that he was paying for his stamps and personally licking them, granted him an ‘allowance’ and, later, a retroactive pension of $25,000 per year.
After President Eisenhower was inaugurated,Harry and Bess drove home to Missouri by themselves. There was no Secret Service following them.
When offered corporate positions at large salaries, he declined, stating, “You don ‘t want me. You want the office of the President, and that doesn’t belong to me. It belongs to the American people and it’s not for sale.”
Even later, on May 6, 1971, when Congress was preparing to award him the Medal of Honor on his 87th birthday, he refused to accept it, writing, “I don ‘t consider that I have done anything which should be the reason for any award, Congressional or otherwise.”
As president he paid for all of his own travel expenses and food. Modern politicians have found a new level of success in cashing in on the Presidency, resulting in untold wealth.
Today, many in Congress also have found a way to become quite wealthy while enjoying the fruits of their offices.
Good old Harry Truman was correct when he observed:
“My choices in life were either to be a piano player in a whore house or a politician. And to tell the truth, there’s hardly any difference!
I say dig him up and clone him!!

é isso, por fernando stickel [ 8:37 ]

sherlock holmes

sherlock_holmes
Sherlock Holmes e Dr.Watson vão acampar. Montam a barraca e, depois de uma boa refeição e uma garrafa de vinho, deitam-se para dormir.
Algumas horas depois, Holmes acorda e cutuca seu fiel amigo:
– Meu caro Watson, olhe para cima e diga-me o que vê.
Watson responde:
– Vejo milhares e milhares de estrelas.
Holmes, então, pergunta:
– E o que isso significa?
Watson pondera por um minuto, depois enumera:
1. Teológicamente, posso ver que Deus é todo poderoso e somos pequenos e insignificantes.
2. Astronomicamente, significa que há milhares e milhares de galáxias e, potencialmente, bilhões de planetas.
3. Temporalmente, deduzo que são aproximadamente 03h15min pela altura em que se encontra a Estrela Polar.
4. Meteorológicamente, suspeito que teremos um lindo dia.
Holmes fica um minuto em silêncio e brada:
– Watson, seu idiota! Significa que alguém roubou nossa barraca!!!

A VIDA É SIMPLES!
NÓS É QUE A COMPLICAMOS!

é isso, por fernando stickel [ 18:21 ]

crazy

é isso, por fernando stickel [ 0:16 ]

comunidades…

Em uma pendência envolvendo membros de uma comunidade, pequena como um condomínio, média como um clube, ou gigantesca como um país, certos princípios não podem ser desrespeitados:

Todo o poder emana do povo, e em nome dele será exercido.

O desejo individual não poderá jamais sobrepujar o coletivo.

A representação tem de ser legítima, escolhida pela maioria em eleições livres.

O direito ao contraditório é inalienável.

é isso, por fernando stickel [ 13:19 ]

ok


ok?

é isso, por fernando stickel [ 16:42 ]

só tem mulher quem pode!

Um homem inteligente falando das mulheres.

O desrespeito à natureza tem afetado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está a fêmea da espécie humana.
Tenho apenas um exemplar em casa, que mantenho com muito zelo e dedicação, mas na verdade acredito que é ela quem me mantém. Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha “Salvem as Mulheres”!
Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da feminilidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam:

Habitat
Mulher não pode ser mantida em cativeiro. Se for engaiolada, fugirá ou morrerá por dentro. Não há corrente que as prenda, e as que se submetem à jaula perdem o seu DNA. Você jamais terá a posse de uma mulher, o que vai prendê-la a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente.

Alimentação correta
Ninguém vive de vento. Mulher vive de carinho. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem, sim, e se ela não receber de você vai pegar de outro. Beijos matinais e um “eu te amo” no café da manhã as mantém viçosas e perfumadas durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não a deixe desidratar. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial.

Flores
Também fazem parte de seu cardápio – mulher que não recebe flores murcha rapidamente e adquire traços masculinos como rispidez e brutalidade.

Respeite a natureza
Você não suporta TPM? Case-se com um homem. Mulheres menstruam, choram por nada, gostam de falar do próprio dia, discutir a relação? Se quiser viver com uma mulher, prepare-se para isso.

Não tolha a sua vaidade
É da mulher hidratar as mechas, pintar as unhas, passar batom, gastar o dia inteiro no salão de beleza, colecionar brincos, comprar muitos sapatos, ficar horas escolhendo roupas no shopping. Entenda tudo isso e apoie.

Cérebro feminino não é um mito
Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino. Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente o aposentaram!). Então, aguente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objeto de decoração. Se você se cansou de colecionar bibelôs, tente se relacionar com uma mulher. Algumas vão lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você. Não fuja dessas, aprenda com elas e cresça. E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com os homens, a inteligência não funciona como repelente para as mulheres.

Não faça sombra sobre ela
Se você quiser ser um grande homem tenha uma mulher ao seu lado, nunca atrás. Assim, quando ela brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ela estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.
Aceite: mulheres também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar. O homem sábio alimenta os potenciais da parceira e os utiliza para motivar os próprios. Ele sabe que, preservando e cultivando a mulher, ele estará salvando a si mesmo.

É, meu amigo, se você acha que mulher é caro demais, vire gay.
Só tem mulher quem pode!

Recebi este texto como sendo do Luiz Fernando Veríssimo, mas não sei se é. O importante não é a autoria, e sim o conteudo!

é isso, por fernando stickel [ 10:23 ]

chimamanda adichie


Quer ouvir uma história interessante?
Uma história sobre os perigos da história única?
Clque aqui e escute a escritora nigeriana Chimamanda Adichie contar algo que pode mudar a sua maneira de ver o mundo.

é isso, por fernando stickel [ 17:11 ]

paz de espírito


Once Buddha was travelling with a few of his followers, while they were passing a lake, Buddha told one of his disciples:
“I am thirsty. Do get me some water from the lake.”
The disciple walked up to the lake. At that moment, a bullock cart started crossing through the lake. As a result, the water became very muddy and turbid. The disciple thought, “How can I give this muddy water to Buddha to drink?”
So he came back and told Buddha, “The water in there is very muddy. I don’t think it is fit to drink.”
After about half an hour, again Buddha asked the same disciple to go back to the lake.
The disciple went back, and found that the water was still muddy. He returned and informed Buddha about the same.
After sometime, again Buddha asked the same disciple to go back.This time, the disciple found the mud had settled down, and the water was clean and clear. So he collected some water in a pot and brought it to Buddha.
Buddha looked at the water, and then he looked up at the disciple and said:
“See what you did to make the water clean. You let it be, and the mud settled down on its own; and you have clear water. Your mind is like that too ! When it is disturbed, just let it be. Give it a little time. It will settle down on its own. You don’t have to put in any effort to calm it down. It will happen. It is effortless. Having ‘Peace of Mind’ is not a strenuous job; it is an effortless process!”

é isso, por fernando stickel [ 11:20 ]

o andar da carruagem…

Quino, cartunista argentino autor da Mafalda, desiludido com o andar da carruagem…

Nós, mais velhos, que brincamos na rua na nossa infância, o sonho de consumo era uma bicicleta, só tinha um telefone preto de disco na casa, no meu caso nem TV, o máximo de transgressão era ler no quarto escuro com lanterna, etc… sabemos e sentimos tudo disso, mas… e a geração do meu neto Samuel, que completou três meses ontem, como vai se virar nesta desgraceira em que se transformou o mundo?

quino

é isso, por fernando stickel [ 11:46 ]

o profeta

Khalil_Gibran
Para quem tem filhos (e para quem tem pais…)

Do livro “O Profeta” de Gibran Khalil Gibran (1883-1931)

“Fala-nos dos filhos”
E ele disse: “Vossos filhos não são vossos filhos. São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma. Vêm através de vós, mas não de vós. E embora vivam convosco, não vos pertencem.
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos, Porque eles tem seus próprios pensamentos.
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas; Pois suas almas moram na mansão do amanhã, que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho.
Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis faze-los como vós, Porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados.
Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas. O Arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a Sua força para que Suas flechas se projetem, rápidas e para longe.
Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria: Pois assim como Ele ama a flecha que voa, ama também o arco que permanece estável.”

é isso, por fernando stickel [ 16:20 ]

agradeça

if
Certo?
Certo.
E se você fala outras línguas, além da sua, a porcentagem vai ficando cada vez mais ínfima.
Portanto, se você é brasileiro, entendeu o cartaz e chegou até aqui, agradeça.
Agradeça muito!

é isso, por fernando stickel [ 15:17 ]