aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘r. nova cidade’

novos escritórios

est7

Usei o timer da câmera neste auto-retrato feito hoje cedo no meu estúdio / Espaço Fundação Stickel na Rua Nova Cidade, nos últimos momentos da atual configuração arquitetônica.
Hoje mesmo começamos as arrumações e as obras de adaptação para que o espaço receba os escritórios da Fundação Stickel.

é isso, por fernando stickel [ 19:45 ]

a música das bolachas

Há algum tempo atrás (desconfio que sejam um ou dois anos) alguém mexeu no meu toca-discos Thorens, que me traz alegrias tocando “bolachas” desde os anos setenta, e quebrou a agulha.
Procurei a agulha sem sucesso, acabaram por me indicar um site na China, o qual não acessei por preguiça…
Finalmente, por uma enorme coincidência, o meu amigo Mario Sacconi descolou a agulha em uma loja na Rua Santa Ifigênia, e me presenteou a cápsula reformada com agulha nova.
Ontem, no meu estúdio, instalei a cápsula, tudo funcionou e voltei a ouvir minha coleção de LPs. O equipamento é uma mistura de equipamentos ingleses de cerca de 20 anos de idade, caixas EPOS, pré e power REGA e tuner e CD ROTEL, que se misturam bem com o Thorens quarentão…

é isso, por fernando stickel [ 9:14 ]

terceiro setor

apf
Fui convidado – e aceitei – ser o coordenador do Comitê Geral de organização do 5º Encontro Paulista de Fundações, promovido pela APF – Associação Paulista de Fundações, e que se realizará em Outubro 2010 aqui em São Paulo.
A foto acima mostra a reunião que realizamos no meu estúdio na quarta-feira passada das 14:00h às 17:00h, dos Comitês Geral e de Logística.
Ufa!
Pois é.
São coisas do Terceiro Setor que você e seus companheiros fazem, sempre de graça como voluntários, é claro, e mais dia menos dia você acaba por se perguntar:
-Por que?
Pois é.

Também me pergunto por que estou trabalhando de graça para a Fundação Stickel, como seu presidente, há exatos seis anos. Por que?
Estas perguntas não tem respostas simples.
A coisa começa aos poucos, e vai te pegando.
No meu caso, há exatos seis anos atrás eu não tinha idéia do que era o Terceiro Setor, e a bem da verdade tinha certa ojeriza deste negócio de “mexer com os pobres”.
Hoje, não apenas estou nele mergulhado até o pescoço como até um MBA fiz na área.
Mexer com isto tem a ver com milhares de coisas.
Tem a ver com o seu grau de conexão com o planeta (o único que temos…) e seus moradores, todos seres humanos exatamente iguais a você.
Tem a ver com o seu amadurecimento, hombridade, coragem, auto-respeito, responsabilidade, consciência, missão, destino, oportunidade, momento de vida, etc…
Tem a ver com justiça e retribuição.
E finalmente tem a ver com a sua vontade. Sem ela você não dura 24 horas no Terceiro Setor.

é isso, por fernando stickel [ 9:30 ]

cook no estúdio

renata
Março 2006, aula de desenho de observação no meu estúdio na R. Nova Cidade, Vila Olímpia.
A minha aluna Renata Cook trabalha em seu auto-retrato em grande formato, foram as últimas sessões antes que eu encerrasse delicioso período de 20 anos de aulas de desenho, por conta das exigências do meu trabalho na Fundação Stickel.
Já lá se vão quatro anos… É tudo muito rápido!

é isso, por fernando stickel [ 8:30 ]

chá de bebê

tati2
Minha filha Fernanda está gloriosamente grávida, bonita, resplandescente, plena, e em poucas semanas dará à luz o meu neto!

bebê
Muitas crianças no chá de bebê do meu neto ontem, no meu estúdio.
É engraçado você ver esta cena trinta anos depois de tê-la vivido (a gravidez, não o chá, que na nossa época não existia)
Você fica pensando se realmente você era jovem assim… eu fui pai da Fernanda com 29 anos, ela agora tem 32, e o Plauto, seu companheiro, 31.
É uma época muito boa, a vida muda completamente após o nascimento do bebê, tenho certeza absoluta que muda para melhor.

é isso, por fernando stickel [ 10:00 ]

bons fluidos

bons
A foto, no meu estúdio, é de um fotógrafo da revista que não lembro o nome.

Quatro homens deixam a timidez de lado e surpreendem suas namoradas com declarações de amor.
Esta é a chamada para matéria na revista Bons Fluidos de Junho 2006, leia o meu depoimento.
Sandra e eu casamos em 2007, e estamos juntos há quase nove anos!

é isso, por fernando stickel [ 10:08 ]

recomeço

col
Sobre a mesa do estúdio, o recomeço.

est4
O estúdio da R. Nova Cidade a pleno vapor em 2003, no meu curso de desenho de observação, as mesas encomendei ao marceneiro para a realização da 1ª Oficina de Design de Automóvel, em 1988. Continuam firmes e fortes prestando bons serviços.

é isso, por fernando stickel [ 10:09 ]

retorno ao estúdio

jardim1
O meu estúdio agora tem jardim.
Até 2006 lá dei aulas de desenho de observação, que interrompi por conta das exigências do meu trabalho com a Fundação Stickel.
Agora, pouco a pouco retorno ao estúdio, organizo as coisas, me livro do desnecessário, reinicio tímidamente um trabalho de ARTE.
O retorno não é fácil, dá um cansaço brutal, é como um motor enferrujado que não se movimenta na primeira tentativa, aí você insiste, tenta novamente, a coisa anda um pouquinho, e assim vai…

é isso, por fernando stickel [ 9:53 ]

samovar

samovar
Este samovar esteve durante décadas na sala de jantar da casa dos meus pais na R. dos Franceses.
Agora repousa no meu estúdio.

é isso, por fernando stickel [ 9:11 ]

acidente

acci
No meu estúdio, um acidente com a câmera deu nisso.
Interessante, né mesmo?

é isso, por fernando stickel [ 12:17 ]

novo estúdio

est22
Pouco a pouco meu estúdio volta à vida, graças à sabedoria arquitetônica da minha amada Sandra Piezchalski.
Não fosse a insistência dela em limpar a área, exigindo que eu me livrasse de toneladas de coisas inservíveis, não teríamos chegado a esta bela e agradável situação.
É preciso reinventar, reciclar, descarregar, aliviar, para poder prosseguir e crescer.
Neste espaço pretendo implantar um “entreposto” de artes, visando geração de recursos para a Fundação Stickel, através de vendas diretas, captação de obras através de doações e leilões, edição de gravuras digitais, o formato ainda não está bem definido, mas é por aí. Talvez o novo Espaço Fundação Stickel.

é isso, por fernando stickel [ 9:33 ]

estúdio novo

estud2
Ao final da tarde os aviões passam, o azul do céu se adensa e a lua aparece, enquanto curtimos os nove metros quadrados do “jardim” do meu estúdio na R. Nova Cidade, recém reformado pela Sandra.

é isso, por fernando stickel [ 8:59 ]

assassinato

nova cidade1
Mais um capítulo da tragédia “BRASILEIRO ODEIA ÁRVORE”

Esta é a visão que tenho hoje da janela do meu estúdio na R. Nova Cidade, no quarteirão entre a R. Quatá e R. Casa do Ator, na Vila Olímpia.
A árvore “virtual” da esquerda existe apenas na minha memória, foi brutalmente assassinada, sem direito a defesa, em Outubro de 2007.
A assassina limpou tão bem seu crime, que hoje em sua calçada não há mais o menor indício de que ali havia uma linda e saudável árvore.
O assassino é conhecido, ninguém menos que a Prefeitura da Cidade de São Paulo.

é isso, por fernando stickel [ 10:28 ]

thorens & coltrane

thorens
No meu estúdio volta a funcionar o tocadiscos (é assim nanova ortografia, tudojunto?!) Thorens dos anos setenta.
Acho que perdi o bonde dos CD e DVD, e agora volto a me sentir à vontade com as minhas bolachas…
Ao final da tarde, John Coltrane.

é isso, por fernando stickel [ 17:41 ]

schuco

schuco
Do tempo das minhas aulas de desenho de observação guardo objetos diversos, que serviam de modelo para os alunos desenharem.
Alguns, como este caminhão Schuco, estão comigo no estúdio desde sempre…

é isso, por fernando stickel [ 19:23 ]

rua nova cidade

cauboi1
Ontem ao final da tarde, tomei um “caubói” no meu antigo estúdio, comemorando o final da reforma do espaço para assumir a nova função de reserva técnica da coleçao de arte da Fundação Stickel. O novo Espaço Fundação Stickel.
Com isso voltei à minha querida Vila Olímpia, tomei lanche na padaria da esquina, reencontrei o português, o chapeiro, a menina do caixa, em seguida comprei papel toalha no mercadinho e fiz uma fézinha na MegaSena, tudo em um único quarteirão da R. Nova Cidade.

é isso, por fernando stickel [ 9:41 ]

artes


No meu estúdio, Abril de 2003. Não vou dizer que não tenho saudades das artes. É muito gostoso!

é isso, por fernando stickel [ 15:16 ]

estúdio ou depósito


Em Fevereiro 2003, esta era a cena no meu estúdio, em plena aula de desenho de observação com modelo.
Hoje meu estúdio se transformou em um depósito…

é isso, por fernando stickel [ 15:07 ]