aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘fundação stickel’

wesley e a escola brasil:


A Fundação Stickel vem realizando em 2005 um projeto chamado “A Implantação de um Centro de Investigação sobre a Escola Brasil: e a Arte Contemporânea em São Paulo”.
Já visitamos e obtivemos a super simpática colaboração do Baravelli, Fajardo e Resende, que cederam seus arquivos pessoais para nosso estudo e digitalização.
O Nasser por alguma razão, não quis colaborar.
Agora chegou a vez do Wesley Duke Lee, que nos atendeu ontem com extremo carinho.
Na foto, da esq. para a direita, em frente à casa/estúdio do Wesley, Prof. Dra. Claudia Valladão de Mattos, coordenadora do projeto, Wesley, André e Maria do Carmo, pesquisadores.

é isso, por fernando stickel [ 10:13 ]

frisbee


Três exposições: Himalaya, Baravelli, Cássia.
Dois livros: Cassio Michalany, Rimas (será lançado em Jan 06)
Educativo: Várias visitas guiadas às exposições.
Um grande projeto de pesquisa: Escola Brasil:
Reestruturação interna e implantação de informática e banco de dados.
Burrocracias infernais.

Confesso que meu trabalho pela Fundação Stickel neste ano não foi mole não.

E ainda duas cirurgias de catarata.

Cansei. Quero só ficar jogando frisbee com meu filho no Ibirapuera.

é isso, por fernando stickel [ 9:49 ]

livro cassio


No lançamento do livro do Cassio Michalany, da esq. para a direita: Rodrigo Naves, Nuno Ramos, Lorenzo Mammi, Beth Jobim, Cassio Michalany.

é isso, por fernando stickel [ 22:13 ]

livro cassio


No lançamento do livro do Cassio Michalany, Arnaldo Pappalardo, Ettore Bottini, e suas respectivas senhoras, Miriam e Denise.

é isso, por fernando stickel [ 23:42 ]

livro cassio


No lançamento do livro do Cassio Michalany, da esq. para a direita: Aly, meu fiel amigo blogueiro, minha irmã Sylvia Stickel, Walter Appel, meu Amor Sandra Pierzchalski, Lena, Roberto e Mara Estefano.

é isso, por fernando stickel [ 23:01 ]

livro cassio michalany


Da esq. para a direita, no lançamento do livro do Cassio Michalany:
Beth Jobim, Cassio, Carmela Gross, Paulo Pasta, Laura Vinci, Tiago Mesquita, Sergio Sister.

é isso, por fernando stickel [ 18:02 ]

como anda a cor


Cassio Michalany autografa seu livro “Como anda a cor”, lançado na quarta-feira no Gabinete de Arte Raquel Arnaud com patrocínio da Fundação Stickel.
Da esq. para a direita, Cassio, Marli Matsumoto, Raquel Arnaud, Lu Rodrigues.

é isso, por fernando stickel [ 9:34 ]

livro cassio michalany

é isso, por fernando stickel [ 13:03 ]

davenire giardino


Na foto, Luis Paulo Baravelli e Davenire Giardino.

A propósito da exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, recebi do famoso crítico italiano, de Milão, Davenire Giardino a seguinte carta (expressa):

Caríssimo Fernando,
Oppure stanco del viaggio ( Italia eh proprio lontana)  non potevo mai dimenticar il grande amicco Baravelli. Adesso la critica.
Bacci,
Davenire

Baravelli: Uma exposição a ser vista.

A quietude simplifica.

Baravelli está quieto. Volta ao traço básico, à essência, à figura sentada, ao alimento. Olha para dentro e neste olhar encontra a linha e a ordem. Na figura de fundo as linhas de um papel quadriculado, a base da ordem, da simetria. Na figura humana as proporções divinas. No recorte preciso a quebra da estrutura. Baravelli, um homem encapsulado nas formas perfeitas rompe a estrutura da mesmice.

Um salto lógico. Na gnose de Upanixade e nos diálogos de Misargatta Maharaj conhecer a Si Mesmo significa descobrir em nós aquilo que já é nosso. E descobrir ainda que não há real diferença entre o ser em mim e a totalidade universal. Já a gnose tibetana  dá um passo ulterior, um não retorno: nadifica também o si mesmo. O zero é a matriz do tudo e do nada, luz e treva.

Tomemos um símbolo; o espelho. Esse nos reflete idênticos invertidas as partes. O que está à direita se transpõe à esquerda e vice e versa. De modo que quem nos olha somos nós, mas não os nós que um outro vê. Restituindo-nos a nossa imagem invertida no eixo frente e costas o espelho produz um efeito que pode até aludir a um sortilégio: olha-nos de fora, mas é como se nos examinássemos por dentro, a nossa própria visão não nos é indiferente, intriga-nos e perturba-nos mais que qualquer outra pessoa. É o olhar devolvido. Baravelli nos devolve esta visão. Ilusão ou arte?
 
Davenire Giardino

é isso, por fernando stickel [ 19:07 ]

operação baravelli 19


Na exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, da esq. para a direita, Daniela Lunardelli, Caio Quintino de Oliveira, Abbondio Barana Neto, Leda Catunda e Sergio Romagnolo, Arnaldo Halpern e Maria Heloisa, Roger Bassetto e Cezar de Almeida.

é isso, por fernando stickel [ 17:26 ]

operação baravelli 18


Fotos da Nina Jacobi, emprestadas do Glamurama.

Na exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, da esq. para a direita, de cima para baixo: Rafael Baravelli, filho do próprio, nasceu no mesmo dia que o meu filho Antonio, Gilda e Dudi Maia Rosa, Marcio e Ana Cristina Cantarelli, Bob Cook.

é isso, por fernando stickel [ 12:36 ]

operação baravelli 17


Na exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, da esq para a direita, eu, Walter Appel e Baravelli.

é isso, por fernando stickel [ 0:37 ]

operação baravelli 16

bara.jpg
Na exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, da esq para a direita, Isabelle Ribot e Luiz Paulo Baravelli, Claudia Valladão de Mattos, responsável pela equipe de pesquisa e centro de documentação sobre a Escola Brasil: que a Fundação Stickel está patrocinando e Andrea Greeb.

é isso, por fernando stickel [ 0:07 ]

operação baravelli 15


Na exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, da esq. para a direita, Eduard Bos e Flora (eram meus alunos e namoravam durante as minhas aulas…), Margot Delgado, Eugenia Zerbini e Eleonora, Pepe Aflalo, Fleury de Oliveira, Maria Villares, Ciça Aflalo.

é isso, por fernando stickel [ 20:04 ]

operação baravelli 14


Na exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, Mary Kopenhagen Hornett.

Nos próximos sábados, dia 22/10 e 29/10 Baravelli fará uma visita guiada à sua exposição com início às 18:30h e vagas limitadas. A inscrição pode ser feita com a filha e marchand do artista, Ana Baravelli, no e-mail anabaravelli@gmail.com

é isso, por fernando stickel [ 11:10 ]

operação baravelli 13


Sábado na exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, da esq. para a direita, Rafic Farah, meu irmão Roberto e cunhada Maria Eugênia.

é isso, por fernando stickel [ 10:48 ]

operação baravelli 12


Sábado na exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, da esq. para a direita, Lu Rodrigues, Dudi Maia Rosa e Miguel Chaves.

é isso, por fernando stickel [ 9:52 ]

operação baravelli 11


No sábado abrimos a exposição do Baravelli no Espaço Fundação Stickel, na Vila Olímpia. A exposição ficará aberta ao público de segunda à sábado das 14 às 20h, R. Ribeirão Claro 37.
Na foto Antonio Soares de Gouvea com Joanna Maria.

é isso, por fernando stickel [ 9:19 ]