aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘fundação stickel’

feres khoury


Na exposição do Feres Khoury ontem, no Espaço Fundação Stickel, da esq. para a direita, José Carlos BOI Cezar Ferreira, Cassio Michalany, Guto Lacaz, Juan Esteves.

é isso, por fernando stickel [ 9:09 ]

dou pela coisa, é o caos


Esta cena não me é desconhecida, e teima em reaparecer. Ela se instala subrepticiamente, e quando dou pela coisa é o caos.
Aeroporto de Guarulhos três dias seguidos: Ontem buscar André, filho da Sandra, hoje vou buscar meu filho, que volta da Suécia, vamos viajar amanhã cedo para Salvador e volto na terça-feira.
Inúmeras (e crescentes) responsabilidades com a Fundação Stickel teimam em aparecer, duas exposições novas agendadas, o tempo fica mais curto, os papéis se empilham, os e-mails se acumulam.
Serão necessárias 2 a 3 horas concentrado, sem telefone, para organizar tudo isso, e essas horas teimam em não aparecer.
Além de tudo, eu teimo em precisar de no mínimo 7 horas de sono por noite, para funcionar razoavelmente bem, felizmente sou teimoso, e mais dia menos dia agarro a encrenca pelos chifres e liquido-a.

é isso, por fernando stickel [ 10:54 ]

o semeador

De tempos em tempos faço uma visita à creche “O Semeador”, localizada no Jardim Roschel, bairro de Parelheiros na Zona Sul de São Paulo, quase 40 km do centro.
No início apoiei a creche como pessoa física, mais tarde transferi esta responsabilidade para a Fundação Stickel

A pobreza do bairro é impressionante, assim como é a possibilidade de se fazer alguma coisa pelas crianças. Entre outras atividades já levamos vários grupos a visitarem nossas exposições, dentro do programa “Educativo”, onde monitores desenvolvem trabalhos a partir do artista em exposição e sua obra.
Cuidar da limpeza do terreno, roçar mato, recolher lixo, matar cobras, fazer a manutenção dos prédios, tem sido atividades quase que diárias nestes últimos 4 anos, e o prazer é ver a evolução constante.

é isso, por fernando stickel [ 9:56 ]

josé resende


Antonio Stickel, meu filho, grava o depoimento de José Resende para o Projeto Escola Brasil: da Fundação Stickel.

é isso, por fernando stickel [ 9:27 ]

fajardo grava depoimento


Carlos Fajardo grava depoimento, como parte do trabalho de pesquisa e documentação sobre a Escola Brasil: que a Fundação Stickel vem realizando.

é isso, por fernando stickel [ 8:19 ]

montagem do boi


Montando a exposição de José Carlos BOI Cezar Ferreira, hoje à tarde, no Espaço Fundação Stickel.
Da esq. para a direita, Pedro, filho do Boi, Boi e Dudi Maia Rosa.

é isso, por fernando stickel [ 22:33 ]

exposição boi


Fundação Stickel convida para a abertura da exposição de:

José Carlos BOI Cezar Ferreira
pinturas recentes

8 Abril, sábado, das 16:00 às 20:00h

Exposição de 8 Abril a 6 Maio 2006, de segunda a sexta das 14:00 às 20:00h
sábados das 11:00 às 15:00h

Espaço Fundação Stickel – R. Ribeirão Claro 37 – Vila Olímpia
04549-060 São Paulo SP tel 11 3849-8906

Patrocínio: Fundação Stickel

é isso, por fernando stickel [ 9:25 ]

boi e gabi borba


No estúdio do José Carlos BOI Cezar Ferreira, que fará exposição de seus óleos sobre tela recentes no espaço de exposições da Fundação Stickel no próximo dia 8 de Abril 2006.

Conversando com o BOI ontem, ele me contou uma história engraçada sobre o Gabi Borba, autor de uma recente entrevista com o artista e do texto do convite desta exposição:

Lá por volta de 1976 o Gabi estava num congresso na França, e o organizador avisou ao plenário:
“Gabi Borba vai nos dizer três palavras!”
Gabi levantou-se e disse: “Permettez trois mots” e sentou-se.

é isso, por fernando stickel [ 8:59 ]

quinta série escola viva


A quinta série da Escola Viva visita a exposição de Magy Imoberdorf. no Espaço Fundação Stickel.
O educativo da Fundação Stickel tem promovido visitas guiadas das mais diversas comunidades à exposição, escolas públicas e privadas, deficientes visuais, idosos, creches, catadores de lixo, moradores de rua…
Os resultados são fantásticos, o aproveitamento de cada uma destas pequenas comunidades é emocionante.

Na foto, da esq. para a direita, Antonio, Pedro, Arthur (meu filho), Marcelo, Tomás e Lucas. Este grupo de super-amigos está junto na escola há quase 10 anos. A foto é da Jade, mãe do Arthur.

é isso, por fernando stickel [ 9:07 ]

fim de ano na fundação


Comemoração de fim de ano, hoje na Fundação Stickel.
Em 2005 conquistamos grandes avanços, o principal foi colocar a máquina pra funcionar. Deu muito trabalho, houveram atritos, ajustes e sucessos, no final tudo valeu a pena.
Da esq. para a direita, de pé: Lobato, Maria do Carmo, Martha (minha mãe), eu, Sylvia (minha irmã), Roberto (meu irmão), Arthur, Alexandra.
Agachados: Miriam, Ana Maria (minha irmã), Agnes, Claudia, Mateus.
Quem está fotografando é a Fernanda, faltou também aparecer na foto a Francis e o André.

é isso, por fernando stickel [ 16:19 ]

wesley e a escola brasil:


A Fundação Stickel vem realizando em 2005 um projeto chamado “A Implantação de um Centro de Investigação sobre a Escola Brasil: e a Arte Contemporânea em São Paulo”.
Já visitamos e obtivemos a super simpática colaboração do Baravelli, Fajardo e Resende, que cederam seus arquivos pessoais para nosso estudo e digitalização.
O Nasser por alguma razão, não quis colaborar.
Agora chegou a vez do Wesley Duke Lee, que nos atendeu ontem com extremo carinho.
Na foto, da esq. para a direita, em frente à casa/estúdio do Wesley, Prof. Dra. Claudia Valladão de Mattos, coordenadora do projeto, Wesley, André e Maria do Carmo, pesquisadores.

é isso, por fernando stickel [ 10:13 ]

frisbee


Três exposições: Himalaya, Baravelli, Cássia.
Dois livros: Cassio Michalany, Rimas (será lançado em Jan 06)
Educativo: Várias visitas guiadas às exposições.
Um grande projeto de pesquisa: Escola Brasil:
Reestruturação interna e implantação de informática e banco de dados.
Burrocracias infernais.

Confesso que meu trabalho pela Fundação Stickel neste ano não foi mole não.

E ainda duas cirurgias de catarata.

Cansei. Quero só ficar jogando frisbee com meu filho no Ibirapuera.

é isso, por fernando stickel [ 9:49 ]

livro cassio


No lançamento do livro do Cassio Michalany, da esq. para a direita: Rodrigo Naves, Nuno Ramos, Lorenzo Mammi, Beth Jobim, Cassio Michalany.

é isso, por fernando stickel [ 22:13 ]

livro cassio


No lançamento do livro do Cassio Michalany, Arnaldo Pappalardo, Ettore Bottini, e suas respectivas senhoras, Miriam e Denise.

é isso, por fernando stickel [ 23:42 ]

livro cassio


No lançamento do livro do Cassio Michalany, da esq. para a direita: Aly, meu fiel amigo blogueiro, minha irmã Sylvia Stickel, Walter Appel, meu Amor Sandra Pierzchalski, Lena, Roberto e Mara Estefano.

é isso, por fernando stickel [ 23:01 ]

livro cassio michalany


Da esq. para a direita, no lançamento do livro do Cassio Michalany:
Beth Jobim, Cassio, Carmela Gross, Paulo Pasta, Laura Vinci, Tiago Mesquita, Sergio Sister.

é isso, por fernando stickel [ 18:02 ]

como anda a cor


Cassio Michalany autografa seu livro “Como anda a cor”, lançado na quarta-feira no Gabinete de Arte Raquel Arnaud com patrocínio da Fundação Stickel.
Da esq. para a direita, Cassio, Marli Matsumoto, Raquel Arnaud, Lu Rodrigues.

é isso, por fernando stickel [ 9:34 ]

livro cassio michalany

é isso, por fernando stickel [ 13:03 ]