aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

Posts tagueados ‘bahia’

monte pascoal

anisio.jpg
No ano passado estivemos na Ponta do Corumbau, e este ano o meu amigo Anisio Campos passou por lá, provocando boas lembranças deste canto maravilhoso do sul da Bahia:

AOS AMIGOS…

Minha torcida por um 2008 grandão, que seja percebido à longa distância como foi nosso Monte Pascoal, Bahia, lá dos altos mares do litoral Atlântico.

é isso, por fernando stickel [ 10:30 ]

barra do cahy


No extremo sul da Bahia fica a Barra do Cahy, região onde a frota de Cabral avistou o Monte Pascoal em 22 Abril 1500.
Os navios fundearam ao largo, pois os recifes de coral impediam a aproximação das caravelas da praia, e o Capitão Nicolau Coelho num pequeno bote entrou no rio Cahy à procura de água doce. Deram-se aí os primeiros contatos dos portugueses com os índios.
Nadei no rio Cahy, de correnteza fortíssima e enorme volume de água.

é isso, por fernando stickel [ 8:55 ]

maré baixa


Maré baixa na Ponta do Corumbau, Bahia.

é isso, por fernando stickel [ 12:31 ]

serraria abandonada


Após a imensa devastação das florestas incentivada pelo governo, ocorrida principalmente no final dos 60 e nos anos 70, várias serrarias fecharam as portas. Esta serraria abandonada fica entre Itamaraju e Ponta do Corumbau, Bahia.
Uma pequena vila sobrevive miserávelmente ao lado da ruína.

é isso, por fernando stickel [ 10:39 ]

vila naiá


Esta é a vida de férias na Ponta do Corumbau, Bahia: Grandes caminhadas, silêncio, roupas simples, havaianas nos pés, e um delicioso peixe na brasa, especialidade da Vila Naiá.

é isso, por fernando stickel [ 9:36 ]

argilas e falésias


Na Ponta do Corumbau, Bahia, as falésias produzem argilas de uma variedade incrível de cores e texturas. Você pensa que é uma pedra, toca e sente a moleza escorregadia da argila…

é isso, por fernando stickel [ 0:08 ]

naturezas na bahia


Na Ponta do Corumbau, Bahia, a natureza morta e a natureza viva.
O esqueleto da baleia está exposto numa fazenda vizinha da Barra do Cahy, local onde a expedição de Cabral aportou, após avistar o Monte Pascoal.
Os navios ficaram ao largo, pois os recifes de coral impediam a aproximação da praia e pequenos botes entraram no rio Cahy à procura de água doce. Deram-se aí os primeiros contatos dos portugueses com os índios.

é isso, por fernando stickel [ 9:17 ]

estupidez humana


AVISO AOS NAVEGANTES

Alguém falou, acho que foi o Millôr, ou o Nelson Rodrigues, que tudo na vida tem limite, menos a estupidez humana.

De fato, como prova da existência da estupidez humana em grande escala aí temos o Bush, Lula e Chávez reeleitos para continuar a fazer besteira em grande escala. Quero contar sobre outro tipo de estupidez na escala tico-tico, individual e mais banal, que se encontra todos os dias em todos os lugares:

Lá na Ponta do Corumbau, Bahia, existem três pousadas de alto nível, a Vila Naiá onde ficamos, maravilhosa em seu estilo despojado “pauvre-chic”, o “Tauana Hotel” recém inaugurado, numa arquitetura deslumbrante e localização idem, e a Fazenda São Francisco de Corumbau, vizinho de muro (cerca) da Vila Naiá, num estilo mais convencional.
A pedido da minha irmã, que estaria interessada em se hospedar lá, fomos Sandra e eu visitar a Fazenda São Francisco.
Entramos a pé, e logo nos primeiros passos fomos rudemente barrados por um jardineiro/segurança.
Seguiu-se um diálogo mais ou menos assim:

-Bom dia, somos hóspedes da Vila Naiá, onde é a recepção?
-Não pode entrar.
-Queremos apenas ir até a recepção para conhecer a pousada.
-Tenho ordem de não deixar ninguém entrar.
-Então chame por favor o seu gerente.
Todo este diálogo se deu de pé, ao sol, nisso apareceu o segundo mal-educado, funcionário um pouco mais graduado, explicando que é política do hotel não permitir visitas, para não prejudicar a intimidade dos hóspedes. Retrucamos que não iríamos constranger ninguém, que não iríamos nos jogar na piscina, e que gostaríamos apenas de ir até a recepção, inclusive para checar as tarifas, que não estão disponíveis no site.
Aí ele disse que iria providenciar uma cópia do tarifário, e sugeriu que visitássemos o site do hotel para que nos informássemos, ao que retrucamos:
-Mas meu amigo, nós estamos aqui!!! O site já visitamos, queremos conhecer “in loco”.
Nisto apareceu o teceiro funcionário, mais graduado, um pouco mais educado, que nos ofereceu uma água de coco na soleira do terraço de entrada, mas daí não nos deixou passar, e repetiu a lenga-lenga toda, nos fornecendo ao final um “print” com as tarifas.

Bahia e Turismo nasceram juntos, acho que a Bahia é o estado mais dedicado, como um todo, à exploração desta indústria e poderia passar muito bem sem estes pequenos núcleos de estupidez. É óbvio que depois desta, minha irmã vai se interessar apenas pelas outras duas pousadas. No Tauana, aliás, fomos super bem recebidos por uma gerente portuguesa, que nos mostrou tudo, inclusive o quarto, nos oferecendo gentilmente água de coco, à sombra.

é isso, por fernando stickel [ 14:27 ]

ponta do corumbau


Na Ponta do Corumbau, Bahia

é isso, por fernando stickel [ 10:13 ]

sol e céu azul…


Não, não, os paulistanos não precisam me agradecer por eu ter trazido da Ponta do Corumbau na Bahia para São Paulo sol e céu azul…

Eu fiz numa boa…

é isso, por fernando stickel [ 18:45 ]

ponta do corumbau


Na Ponta do Corumbau.
Deste ponto, o mais a Oeste do Brasil no sul da Bahia em dias claros você enxerga de Cumuruxatiba até Trancoso.

é isso, por fernando stickel [ 10:54 ]

corumbau


Ponta do Corumbau, um dos últimos locais paradisíacos do Sul da Bahia.
Acabamos de voltar, meu humor ainda está bom, vou aproveitar para postar umas fotos que fiz na região.

é isso, por fernando stickel [ 20:44 ]

reveillon 2007 bahia


Reveillon 2007 na Ponta do Corumbau, Bahia.

é isso, por fernando stickel [ 18:01 ]

paraíso

Chegamos à Ponta do Corumbau, Bahia, sem incidentes, tudo no horário marcado. É o paraiso!!!!
Mais uma vez feliz ano novo a todos!

é isso, por fernando stickel [ 17:22 ]

luise weiss


Enquanto a vernissage da exposição de Luise Weiss transcorria de vento em popa, em clima de comemoração e alto astral, no aeroporto de Brasília milhares de passageiros sofrem com o imenso caos aéreo provocado única e exclusivamente pela ineficiência do governo Lula. Muitos vão dormir no chão.

É o contraste.

Brasil, um país de contrastes.

Brasil, um país com uma bosta de governo. Que tristeza, que frustração, que vergonha, que merda você ser forçado a aceitar diáriamente a convivência com escândalos de toda a natureza, que sensação de total impotência. Estou antevendo a encrenca que será meu vôo para a Bahia no dia 28/12, é óbvio que estarei correndo sérios riscos, como qualquer um que voar no Brasil de hoje.

É só esperar que amanhã virá aquela fraude chamada Waldir Pires, com a língua enrolada, falando difícil e articulando bem as palavras, dizendo óbviamente nada.
Não há o que dizer frente ao apagão da aviação civil, só lamentar.

é isso, por fernando stickel [ 0:15 ]

igreja do carmo, salvador


Na igreja do Carmo em Salvador, BA.

Pequena observação sobre minha relação com igrejas, conventos, claustros, etc…
Na minha adolescência meus pais viajavam com regularidade à Europa nas férias de verão, com a família toda, principalmente à Itália.
Muito zelosos da cultura, meus pais faziam questão de visitar igrejas, catedrais e museus de arte sacra. Naquela época, no inverno, estes locais eram gelados, escuros, soturnos (para não dizer aterradores) e cheiravam mal.
Meus pais, muito cultos, faziam questão de detalhar as características de cada edifício, quem projetou, quem fez as esculturas, as pinturas, portões, pias batismais, etc… Nomes como Bernini, Giotto, Raphael, Michelangelo, Piero da Francesca eram do cardápio diário.
É óbvio que eu estava mais interessado na Ferrari estacionada na esquina, nas confeitarias “MOTTA” ou no parque de diversões, mas estas sofisticações da psicologia moderna não haviam ainda chegado (estávamos em 1962…)
O resultado foi que criei profunda aversão a tudo isso, e que agora, passados 40 e tantos anos, levantado o longo e pesado véu da erudição, posso voltar a reencontrá-la, numa boa, na Bahia.

é isso, por fernando stickel [ 10:25 ]

centro de salvador


Em pleno centro de Salvador, Bahia, estas maravilhas da natureza!

é isso, por fernando stickel [ 17:10 ]

fazendo umas pichações…


Antonio Dias andou pelo Pelourinho em Salvador, Bahia, fazendo umas pichações…

é isso, por fernando stickel [ 19:25 ]