aqui no aqui tem coisa encontram-se
coisas, coisas, coisas...
...desde janeiro de 2003

centro

Trabalhei no escritório do arquiteto Salvador Candia de 1972 a 1974, que ficava nesta época no Edifício Vicente Filizola, à R. Xavier de Toledo 65, bem em frente à Biblioteca Municipal.
No térreo, onde hoje existe uma agência do Banco do Brasil existia uma loja das Balanças Filizola.
Neste período minha vida diária se passava nos arredores da praça, Galeria Metrópole, Galeria 7 de Abril, Largo da Memória, R. Marconi, Barão de Itapetinings, Mappin, Viaduto do Chá, etc…
No almoço normalmente um sanduiche, e quando o tempo estava bom, eu fazia a digestão e tirava uma soneca enquanto engraxava os sapatos à sombra das árvores da praça.
A cidade era mais civilizada, mais arrumada, o nível ainda se mantinha, haviam lojas boas e livrarias, como a Livraria Kosmos no sub-solo do Galeria Metrópole, projeto do Salvador Candia, um dos hotéis e restaurantes mais sofisticados da cidade, o Ca’d’Oro, ficava logo ali na R. Basilio da Gama.
Tudo o que sei de arquitetura aprendi naquela época, desde desenhar planta de prefeitura (a coisa mais chata do mundo) até participar de projetos interessantes, como a torre do Unibanco (apelidada Idi Amin por ser imensa e negra…) na esquina da Rebouças com Marginal, um pavilhão para asilo de velhos na sociedade Beneficente Alemã e a fachada em ladrilhos do edifício Barão de iguatemi em frente ao Shopping Iguatemi.

O painel da Tomie Ohtake na lateral do Ed. Santa Monica, de 1984 veio muitos anos mais tarde, é uma das poucas obras de arte na escala urbana bem resolvidas.

é isso, por fernando stickel [ 16:36 ]

3 comentários

aqui tem coisa » Arquivo » ca’d’oro

dezembro 21st, 2009 at 9:11

[…] ocasiões familiares meu pai nos levava sempre ao restaurante do hotel Ca’d'Oro, tanto na R. Basilio da Gama quanto na R. Augusta, onde invariavelmente a pedida era fettuccine al triplo burro, preparado na […]

Christina

agosto 22nd, 2012 at 14:02

Olá boa tarde,

Estou pesquisando o artista da fachada do Ed. Barão de Iguatemi, na Faria Lima e não encontro nada no Google.

Será que o senhor saberia quem foi o artista dos ladrilhos do Barão de Iguatemi?

Atensiosamente,

fernando stickel

agosto 22nd, 2012 at 17:15

Christina, o projeto do painel em ladrilhos da fachada do Ed. Barão de Iguatemi é de minha autoria.
Executei o projeto no escritório do arquiteto Salvador Candia, onde trabalhava nos anos 70.
Abs,
Fernando Stickel

Deixe seu comentário